21
Jan 08

Vladímir Ilitch Lenin (russo: Владимир Ильич Ленин), nome original Vladímir Ilitch Uliânov (russo: Владимир Ильич Ульянов) (10 de abril/22 de abril de 1870, Simbirsk hoje: Ulyanovsk - 21 de janeiro de 1924, Gorki próximo de Moscou) foi um revolucionário russo, responsável em grande parte pela execução da Revolução Russa de 1917, líder do Partido Comunista, e primeiro presidente do Conselho dos Comissários do Povo da União Soviética. Influenciou teoricamente os partidos comunistas de todo o mundo. As suas contribuições resultaram na criação de uma corrente teórica denominada Leninismo. Foi, para o historiador Eric Hobsbawm, o personagem mais influente do século XX.[1] O seu pseudónimo de "Lenine" provém de que foi exilado para uma terra das margens do Rio Lena, ou seja, provém do nome desse rio.

wikipédia

 

 

Faz hoje 84 anos da sua morte, o maior revolucionário de sempre. Implementou na Rússia um regime que tinha por objectivo principal a libertação do povo russo das amarras do feudalismo e criar uma sociedade nova sem exploradores e explorados.

Após a sua morte, Estaline encaminhou a URSS para um regime totalitário e repressivo quanto aos direitos e liberdades dos povos soviéticos.

publicado por José Manuel Faria às 11:01

comentário:
Foi o sr. todo poderoso da urss.
Sr. Jorge a 21 de Janeiro de 2008 às 19:09

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
Bem a pensar assim a Praça, (Lameira)deveria ainda...
Os únicos preocupados são:O Eugénio e a Dora, o Eu...
Há por aqui comentários de pessoas a soldo dos que...
de Março Essa alternativa (nunca chegou a ser pro...
A qual eng ) Ao Porta Chaves
Este artista tem a voz do dono. E nasceu na Praça ...
É só olhar para a fotografia deste" poeta" que se ...
Hotel sul americano, já teve só dois andares, Casi...
Depois de ler este artigo, fiquei a perceber que n...
Parece que não re4spondeu ao que lhe perguntaram. ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO