11
Dez 06

Os contribuintes que perderem os seus títulos do imposto municipal sobre veículos, o chamado selo do carro, arriscam multas e processos de contra-ordenações, uma vez que a máquina fiscal é incapaz de emitir "segundas vias" de dísticos que tenham sido adquiridos em revendedores de valores selados.

Os funcionários do fisco têm directrizes para fornecer aos contribuintes vítimas de extravios, perdas ou roubos do título do imposto municipal sobre veículos um documento em que se atesta a compra do dístico. Mas este procedimento não evita que as autoridades, PSP e a GNR, apliquem multas, já que a falta de afixação do imposto municipal é punida por lei, mesmo estando o veículo imobilizado em vias públicas.

O fisco admite falhas na "gestão do imposto", mas não explica as razões que levam a não conceder aos contribuintes a "segunda via" do dístico.

Como é possível?

publicado por José Manuel Faria às 17:13

publicado por José Manuel Faria às 17:12

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






comentários recentes
Ze manel. Eu não falei consigo. Mas de qualquer ma...
Se é o ministro das finanças que gere TODO o gove...
O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/15...
Estava à espera deste post! Sério. Logo que li "is...
Oh Eugénio Silva, não há coiso que te sirva.Parece...
Quem ouve Dora Gaspar falar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Real...
Em suma: em Vizela ninguém é coerente, ninguém é d...
À que tempos, começou a devolver ainda no tempo do...
Não acho que já deveria ter perguntado isto há alg...
E agora perfila-se o irmão para concorrer aos Bomb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO