28
Fev 07

As contas paralelas nos partidos políticos "são habituais" e acontecem nas campanhas eleitorais de todas as forças partidárias a nível nacional, disse ontem Fátima Felgueiras ao colectivo de juízes que está a julgar o "processo do saco azul", cuja segunda sessão decorreu no salão dos bombeiros locais. A autarca garantiu que nunca participou na angariação de fundos nem sabia quem dava dinheiro para as campanhas, apesar de admitir que eram empresários os contribuintes.

Fátima Felgueiras abusa falando de outros partidos para além de o dela - PS -  se sabe de outros deveria  registar, senão está a difamar. Essa senhora anda a brincar com a nossa justiça e paciência  à muito.

publicado por José Manuel Faria às 18:19

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
VHS só uma pergunta simples,Quantos funcionários s...
Quim Barreiros e Expensive Soul nos festejos do 19...
Victor Hugo Salgado oficializa recandidatura em ma...
Se para festejar o dia do concelho são precisos ta...
AG até se entende que ao falares no passado não f...
Cada vez que leio o RV nem sei que diga em sei que...
283.000 pensionistas têm penções miseráveis, isso ...
São os memos argumentos da Opus Dei....
"Victor Hugo Salgado respondeu, mas antes voltou a...
Quantos quer? 1,3,5,6,7, quer com nomes começa no ...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO