19
Mar 07

A presidente do Conselho Nacional do CDS-PP, Maria José Nogueira Pinto, acusou esta segunda-feira Paulo Portas de tentar assaltar o poder no CDS e o deputado Hélder Amaral de agressão física.

 

Numa conferência de imprensa que se estendeu por mais de meia hora, Nogueira Pinto admitiu abandonar o partido, caso Portas regresse à liderança do CDS-PP.

«Se se confirmar que este partido é um território onde alguns assaltam o poder, aqui não sou nada nem ninguém», afirmou.

Maria José Nogueira Pinto acusou Paulo Portas de instigar o clima de «coacção física, violência verbal e agressão física» que diz ter vivido domingo no Conselho Nacional do CDS-PP.

«O dr. Paulo Portas trouxe para dentro do partido o pior da memória do PREC», acusou.

Um partido conservador, democrata-cristão, queque e bem, chegou a este ponto, o da arruaça, extraordinário.

publicado por José Manuel Faria às 18:06

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
B...quê?não são mais de 17 gajos, com desejos de p...
As falhas parece que estão noutro campo, caro amig...
Outra vez zé manelTudo que seja contra (este) pres...
Na casa do povo era povo ou cenário? só vi lá uma ...
A GENTE, que está a frente do B.E. de Vizela, pelo...
que gentinha sem informação... o problema arrasta ...
mas a noticia interessa para alguma coisa?o que el...
Dizes bem Vitor Hugo, Vizela está diferente, mas t...
Nem por isso mantém-se o irresponsável da Educação...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO