19
Mar 07

A presidente do Conselho Nacional do CDS-PP, Maria José Nogueira Pinto, acusou esta segunda-feira Paulo Portas de tentar assaltar o poder no CDS e o deputado Hélder Amaral de agressão física.

 

Numa conferência de imprensa que se estendeu por mais de meia hora, Nogueira Pinto admitiu abandonar o partido, caso Portas regresse à liderança do CDS-PP.

«Se se confirmar que este partido é um território onde alguns assaltam o poder, aqui não sou nada nem ninguém», afirmou.

Maria José Nogueira Pinto acusou Paulo Portas de instigar o clima de «coacção física, violência verbal e agressão física» que diz ter vivido domingo no Conselho Nacional do CDS-PP.

«O dr. Paulo Portas trouxe para dentro do partido o pior da memória do PREC», acusou.

Um partido conservador, democrata-cristão, queque e bem, chegou a este ponto, o da arruaça, extraordinário.

publicado por José Manuel Faria às 18:06

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Vizelenses já conhecem o Tino de Vizela no Faceboo...
Bastava ter lido o artigo que a deputada Joana Mor...
Já ouvi dizer que houve discordia em alguma coisa....
Isto será normal? tantas apresentações?Qualquer co...
Á raia com o meireles? Tanta cadeira carregou e ag...
Não saímos do PAEL, estamos a pagar empréstimos ba...
acrescenta o MVS, referindo ainda que “esta posiçã...
Entregue de Cheque Bebé:Alguém pode explicar o que...
Ó Abrunhosa da outra vez não fizeste nada disto.Se...
Pedro Abrunhosa com a Banda da Sociedade Filarmón...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

14 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO