30
Mar 07

Os socialistas, que em Fevereiro tinham subido quatro pontos para os 47%, desceram agora ligeiramente para 46,5%, enquanto os sociais-democratas repetiram a queda de um ponto, ficando nos 26% das intenções de voto, dois pontos abaixo dos resultados das legislativas de 2005.

O PCP registou igualmente uma quebra de um ponto percentual, para os 9%, ficando ligeiramente à frente do Bloco de Esquerda, que subiu quase dois pontos percentuais para 9%. No Barómetro de Fevereiro a situação tinha sido inversa, com os comunistas a subirem um ponto e os bloquistas a perderem dois pontos.

Mergulhado numa crise interna, o CDS, que em Fevereiro tinha registado pela primeira vez uma queda nas intenções de voto, após meses de constante subida, voltou a recuperar e subiu um ponto percentual, para os 6%.

Marques Mendes, líder do PSD, acompanhou Sócrates na queda, com praticamente os mesmos 10 pontos de descida, ficando agora pelos 30 pontos negativos, enquanto à esquerda Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã tiveram subidas idênticas, posicionando-se como os líderes partidários preferidos pelos portugueses ouvidos no Barómetro.

in DD

Como é possível! Ainda bem que Sócrates caiu 10 pontos.

publicado por José Manuel Faria às 12:11

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
A Dora é contra tudo, nem sei o que anda esta cria...
Parece que não agradou o comentário...
Ufa...Ufa... professorEstava ficar desesperadoNão ...
Quem me dera ser funcionário público!
Coitados dos funcionários públicos (em geral) foss...
O que faz na foto , o dirigente do partido da dire...
o executivo deve mandar ás malvas os P.SS.Estão pr...
Está bem, não foi a Câmara, mas foi a Junta, que v...
Cá para mim, esta foi uma manobra de diversão para...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO