19
Mai 08

 

 

Judite de Sousa faz as perguntas óbvias, Vitorino responde o que todos nós sabemos que ele vai responder. É incrível a previsibilidade deste sr. Não tem rasgos inteligentes, não constroi cenários, não cria teses, não conspira, não intriga. Tem medo do politicamente incorrecto. É uma seca.

 

Notas soltas? Mil vezes Marcelo que este Cinzento de gargalhadas fáceis.

 

publicado por José Manuel Faria às 21:25


 

No PS a subida de comunistas e bloquistas é reconhecida, mas em muitos casos é relativizada. Em muitos, mas não em todos. Vítor Ramalho, nome da ala esquerda do partido, diz que o cenário é preocupante. E acredita mesmo que PCP e BE "vão crescer mais".

 

A maior parte dos militantes e simpatizantes do PCP irritados com as dissidências nos inícios de 2000 até 2004 e um ódio visceral a Sócrates e a sua política de direita. Uniu e fez crescer um partido que não dá tréguas principalmente na rua. O militante gosta.

 

O Bloco está a captar a simpatia do eleitorado insatisfeito do PS, essencialmente funcionários públicos e trabalhadores dos recibos verdes. A sua diversidade interna e a heterodoxia da direcção tem ajudado ao seu crescimento.

 

O PS e PSD estão preocupados, claro, 20/22% é muita fruta.

publicado por José Manuel Faria às 10:51

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
"O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/1...
Ze manel. Eu não falei consigo. Mas de qualquer ma...
Se é o ministro das finanças que gere TODO o gove...
O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/15...
Estava à espera deste post! Sério. Logo que li "is...
Oh Eugénio Silva, não há coiso que te sirva.Parece...
Quem ouve Dora Gaspar falar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Real...
Em suma: em Vizela ninguém é coerente, ninguém é d...
À que tempos, começou a devolver ainda no tempo do...
Não acho que já deveria ter perguntado isto há alg...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO