28
Out 08

http://www.mat.uc.pt/~helios/Mestre/gago.JPG

O PCP propõe o fim das propinas!


 1 - Num regime Socialista Estatal onde teoricamente tudo é de todos, fazia sentido;


2 - Neste sistema capitalista as propinas são um modo de financiamento do ensino superior;


3 - Os estudantes carenciados não pagam propinas e recebem por mês algumas centenas de euros;


4 - É verdade que o valor é alto e deveria diminuir;


5 - O Ensino Superior Público é muito dispendioso ( medicinas, enfermagem, engenharias...), seria absurdo alunos de famílias ricas que passeiam os seus sinais exteriores de riqueza estarem nas mesmas condições que os pobres.

 

 

 

publicado por José Manuel Faria às 20:02

 A sabedoria ancestral do toque.

 De Andreia Lopes

publicado por José Manuel Faria às 12:32

http://imagecache2.allposters.com/images/pic/ADL/AA-EG247~Parrot-Family-Posters.jpg

Sabia que ao votar numas eleições legislativas está a dar 3,16 euros a um partido político?

 

A Democracia política tem custos. Os partidos necessitam como todas as associações e organizações da sociedade civil de financiamento. Entendo contudo que os partidos exageram nas suas despesas: Congressos faustosos em que alguns deles pagam os custos de deslocação, alimentação e dormida aos delegados; partidos com um nº elevadíssimo de funcionários, gastos loucos em campanhas eleitorais sem participação no terreno do militante à borla - outros  tempos -, agora são empresas especializadas a colocar cartazes e outdoors  de 2 ou 3 mil euros por todo o País com a cara do líder principal, poucos são os políticos a entregarem parte do “salário” ao partido, os reformados também quase não o fazem. Os partidos ficam assim reféns do Estado, o que é vergonhoso. Numa hipótese nem tanto remota assim, a existir uma multidão de abstencionistas poderia  provocar um descalabro financeiro nos partidos, estes cairiam na real e seriam obrigados a alterarem a filosofia do carcanhol.

Os partidos têm de auto-sustentarem-se: festas, quotas, salários dos profissionais políticos e doacções controladas, e largarem as saias do Estado.

 

publicado por José Manuel Faria às 11:00

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO