29
Out 08

http://www.tribunadodireito.com.br/2005/junho/imagens/ilustra.jpg

O Conselho Nacional de Educação tem pronto um parecer para entregar ao Governo, onde sugere que sejam encontradas alternativas aos chumbos dos alunos até aos 12 anos. A aposta deve assentar em medidas eficazes de apoio aos estudantes com maiores dificuldades.

 

As reprovações ( retenções) devem terminar como na Finlândia. O CNE conselheiro do governo assim o pretende ( ensino obrigatório).


Uma ideia pós/pós moderna!

publicado por José Manuel Faria às 12:08

http://br.geocities.com/isoldanunes45/amigos/incondicional/incondicional1.bmp

A expressão incondicional rodeia-nos por todo o lado: o apoio ao chefe, ao treinador, ao artista, ao politico, ao lider espiritual etc. Não acredito, nem gosto quando alguém diz, " dou o meu apoio incondicional a  A ou B". Tem de haver sempre, nem que seja um espaço bem pequeno de liberdade ou critica, há sempre condições.

Incondicional só na família, e quando esta nos toca profundamente depois de anos de convivência no desespero, nas alegrias, no sofrimento, ao lado, ali na cabeceira, na espera da hora certa do encontro no clique do olhar sem perguntar, abre-se um sorriso. E então como foi o dia? Cumplicidade incondicional.

publicado por José Manuel Faria às 10:44

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Ze manel. Eu não falei consigo. Mas de qualquer ma...
Se é o ministro das finanças que gere TODO o gove...
O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/15...
Estava à espera deste post! Sério. Logo que li "is...
Oh Eugénio Silva, não há coiso que te sirva.Parece...
Quem ouve Dora Gaspar falar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Real...
Em suma: em Vizela ninguém é coerente, ninguém é d...
À que tempos, começou a devolver ainda no tempo do...
Não acho que já deveria ter perguntado isto há alg...
E agora perfila-se o irmão para concorrer aos Bomb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO