03
Abr 09

 

António Rego Chaves, Livros com Ideias dentro. Cavalo de Ferro, 2008. 181 pág’s.

 

Recolha de uma série de recensões críticas de António Rego Chaves, publicadas no Diário de Notícias. Escrevendo sobre quarenta e quatro obras de diferentes autores, será possível encontrar no seu conjunto a perspectiva pessoal do seu autor? Julgo que ARC nos revela a sua biblioteca de eleição, onde não é difícil descobrir as motivações democráticas e humanistas que lhe regem as leituras, na abordagem de temas que vão da filosofia, à religião e à política.

 

Selecciono apenas alguns capítulos para exemplo do que afirmo:

 

ARENDT – Que é isso de “totalitarismo”? (sobre Le Magazinne Littéraire, “Annah Arendt – Penser le monde aujourd’hui. Setembro de 2005)

HANS KÜNG  - À espera de João XXIV ( sobre Hans Küng, A Igreja Católica – Breve História, Grandes Temas. Círculo de Leitores, 2004)

HOBBSBAWM – Inglês, historiador, comunista (sobre Eric Hobbsbawm, Tempos Interessantes – Uma vida no séc. XX. Campo das Letras, 2005)

MARX – Ideias “claras e distintas” (sobre Arnaud Spire, Marx esse Desconhecido. Instituto Piaget, 2004)

UNAMUNO – Em luta contra a morte (sobre Miguel de Unamuno, A Agonia do Cristianismo. Livros Cotovia, 2004)

VATICANO II – Sabotagem e sepultamento (sobre Vaticano II – 40 anos depois, organização de Ângelo Cardita, Ariadne Editora, 2005)

WILD – De Marx a Lautréamont (sobre Oscar Wilde, O Espírito Humano no Socialismo. Edições Dinossauro, 2005).

 

São capítulos com cerca de 3/4 pág’s, que podem ser lidos pela ordem ditada pelos nossos interesses e curiosidade, ao ritmo que entendermos e com proveito mais do que provável. Gostaria de comentar alguns destes capítulos em próximas ocasiões.

António Cruz Mendes

publicado por José Manuel Faria às 13:37

 

 

publicado por José Manuel Faria às 11:23

 

 

3.ª Feira do Açúcar “O Bolinhol Convida!”
Doces de várias regiões do País para provar em Vizela

A Câmara Municipal vai promover a terceira edição da Feira do Açúcar, nos dias 3, 4 e 5 de Abril.


Numa análise geral ao trabalho da Câmara Municipal de Vizela nestes onze anos passados, pós 19 Março de 1998, seríamos injustos considerar a Área Cultural um fracasso, antes pelo contrário, talvez seja das poucas com Nota acima dos 10, 14 valores à Marcelo nos tempos da TSF.

 

Bem, os arautos da desgraça total podem sempre dizer que com esse orçamento fariam mais, muito mais. É verdade: a insatisfação, as prioridades ou a ambição são intrínsecas ao homem comum e por consequência aos decisores políticos, por isso há ou deveria haver sempre alternativas, consequentes sem foguetório delirante.

 

Apoio:

 

Festas do Concelho;

Festas nas freguesias rurais;

Feira de artesanato;

Feira do Açúcar,

Dia da Juventude;

Concurso Literário;

Teatro;

3ª Idade;

Agenda Cultural;

Exposição de Pintura e Escultura, etc;

 

Há muito por fazer: Casa da Cultura; Festival de Música Popular, Rock, Jazz; Criação de um Cine – Clube (forte apoio), incentivos à criação artística ou uma ligação mais estreita às Escolas cultivando um espírito de total abertura entre ambos os agentes, conectando ideias e práticas comuns ( Dia da Europa, 25 de Abril, Semana Aberta, Colóquios por exemplo).

 

As alternativas a este Poder Político têm um forte adversário nesta Área concreta, a da Cultura. Projectos consistentes e estratégicos, nada casuísticos precisam-se, o Bloco como os demais adversários têm de construi-los. 

publicado por José Manuel Faria às 09:58

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
Aqui só posso estar do lado de Dinis Costa, dá 20 ...
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Diga lá:É ou ...
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Só com os trê...
Pior que ser cego, é ter olhos e não querer ver.Co...
Tem razão o Srº Presidente ao dizer que não precis...
ANÓNIMO A 7 DE JULHO DE 2020 ÀS 18:48Pode sempre p...
Vizela continua a dever muitos milhões.Quando Dini...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO