09
Fev 10

Petição Pública Logotipo

O primeiro-ministro de Portugal tem sérias dificuldades em lidar com a diferença de opinião. 

Esta dificuldade tem sido evidenciada ao longo dos últimos 5 anos, em sucessivos episódios, todos eles documentados. Desde o condicionamento das entrevistas que lhe são feitas, passando pelas interferências nas equipas editoriais de alguns órgãos de comunicação social, é para nós evidente que a actuação do primeiro-ministro tem colocado em causa o livre exercício das várias dimensões do direito fundamental à liberdade de expressão. 

A recente publicação de despachos judiciais, proferidos no âmbito do processo Face Oculta, que transcrevem diversas escutas telefónicas implicando directamente o primeiro-ministro numa alegada estratégia de condicionamento da liberdade de imprensa em Portugal, dão uma nova e mais grave dimensão à actuação do primeiro-ministro. 

É para nós claro que o primeiro-ministro não pode continuar a recusar-se a explicar a sua concreta intervenção em cada um dos sucessivos casos que o envolvem. 

É para nós claro que o Presidente da República, a Assembleia da República e o poder judicial também não podem continuar a fingir que nada se passa. 

É para nós claro que um Estado de Direito democrático não pode conviver com um primeiro-ministro que insiste em esconder-se e com órgãos de soberania que não assumem as suas competências. 

É para nós claro que este silêncio generalizado constitui um evidente sinal de degradação da vida democrática, colocando em causa o regular funcionamento das instituições. 

Assistimos com espanto e perplexidade a esse silêncio mas, respeitando os resultados eleitorais e a vontade expressa pelos portugueses nas últimas eleições legislativas, não nos conformamos. Da esquerda à direita rejeitamos a apatia e a inacção. 

É a liberdade de expressão, acima de qualquer conflito partidário, que está em causa. 

Apelamos, por tudo isto, aos órgãos de soberania para que cumpram os deveres constitucionais que lhes foram confiados e para que não hesitem, em nome de uma aparente estabilidade, na defesa intransigente da Liberdade.  


 - Alguém que me explique porque é que este "apelo" é de direita?

publicado por José Manuel Faria às 20:30

publicado por José Manuel Faria às 18:28

 

 

Todos Pela Liberdade

 

 - A liberdade de expressão está para além da divisão Esquerda/Direita!

publicado por José Manuel Faria às 11:22

publicado por José Manuel Faria às 10:15

 

O próximo presidente do PSD, Pedro Passos Coelho tem um espaço dentro da direita por onde pode fazer crescer o partido: a ou as, alas liberais económicas e dos costumes: estes sectores influenciam politicamente o eleitorado pela capacidade de entrarem perfeitamente no “mundo” empresarial, na comunicação social, na análise política e nas vestes neo/yuppies  - da farda bem aprumada (gravata a condizer com a camisa/do tailler “limpo”, mas discreto)  -, ora o votante moderno : novos licenciados, malta da função pública e abstencionistas exigentes gostam desta direita “clean” , acrescente-se o “normal” PPD de sempre, podendo assim,  criar expectativas redobradas na alteração de primeiro-ministro no próximo momento eleitoral. Da alternativa Aguiar – Branco nem se deve falar, porque dos fracos não reza a história.

 

A Esquerda deve estar atenta e ripostar.

publicado por José Manuel Faria às 10:05

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
"Alegadamente" espero que não, mas não me admirava...
O PSD /Jorge Pedrosa não faz campanha?Será que o ...
"Da meia noite até às 18h00 de sábado estará encer...
Qual será a razão da RC ser por vídeo conferência?...
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO