24
Fev 10

 "Fui pressionado por conversas de uma forma bastante clara. Numa noite, de quinta para sexta-feira, o Sr. Primeiro-ministro telefonou-me e pediu-me para não publicar a história da sua licenciatura", afirmou o jornalista na Comissão de Ética, que classificou esta conversa com José Sócrates, que terá durado "algumas horas", como "pressão ilegítima".

"Se isto é uma pressão legitima, não hã pressões ilegítimas", acrescentou Henrique Monteiro

 - E José Sócrates continua impávido e sereno no seu posto. A oposição assobia , à espera que o Governo caia de podre! Por muito menos Santana Lopes foi "corrido". 

publicado por José Manuel Faria às 18:26

 Cartazes no centro da polémica suscitada pela última campanha da associação francesa Direitos dos Não-fumadores


Uma campanha publicitária pelos direitos dos não-fumadores defende que fumar é como ser obrigado a fazer sexo oral.


 - Quando o exagero provoca efeitos Contrários.

publicado por José Manuel Faria às 10:07

 O Candidato à Presidência da República, Manuel Alegre, há cinco dias que não fala, quando os problemas políticos cada vez se agudizam mais: As escutas, a entrevista de Sócrates, o PEC, a governabilidade, a PT, a Prisa, a TVI, as demissões apressadas de amigos de Sócrates e o caso Figo, entre outros, mas parece que não se passa nada. No problem!

publicado por José Manuel Faria às 09:53

 

Artigo 49.º

Sessões ordinárias

1 - A assembleia municipal tem anualmente cinco sessões ordinárias, em Fevereiro, Abril, Junho, Setembro e Novembro ou Dezembro, que são convocadas por edital e por carta com aviso de recepção, ou através de protocolo com, pelo menos, oito dias de antecedência.

2 - A segunda e a quinta sessões destinam-se, respectivamente, à apreciação do inventário de todos os bens, direitos e obrigações patrimoniais e respectiva avaliação, e ainda à apreciação e votação dos documentos de prestação de contas, bem como à

aprovação das opções do plano e da proposta do orçamento, salvo o disposto no artigo 88.º

http://www.idesporto.pt/DATA/DOCS/LEGISLACAO/doc189.pdf

 

Vizela é provavelmente o único Concelho de Portugal Continental e Insular a funcionar sem Orçamento e Plano, a acrescentar, a não realização da Sessão de Assembleia Municipal Ordinária em Fevereiro, o mês de Março, é mais longo! Que me desculpem as Instituições democraticamente eleitas, mas algo de estranho se passa. Para as Oposições parece que não!

publicado por José Manuel Faria às 09:26

23
Fev 10

 

Via 31 da Armada

publicado por José Manuel Faria às 22:44

José Manuel Cerqueira Afonso dos Santos (Aveiro, 2 de Agosto de 1929 — Setúbal, 23 de Fevereiro de 1987). Pela Liberdade e Socialismo.

publicado por José Manuel Faria às 15:34


 

publicado por José Manuel Faria às 12:02


 

publicado por José Manuel Faria às 10:55

 Os momentos eleitorais verdadeiramente importantes para os munícipes são as eleições autárquicas por várias razões: número de candidatos (contactos), a proximidade do poder, a urgência de medidas, a procura de amigos, a distribuição de lugares, o ego, o protagonismo, a auto-estima, o jornal, a entrevista, a fotografia, o cartaz ou o outdoor. No dia D, contam-se os votos, verificam-se a distribuição dos mandatos, tomam posse os eleitos e toca a trabalhar. Os vencedores obrigatoriamente arregaçam as mangas, têm de o fazer, a engrenagem deve continuar, os vencidos recolhem às sedes, analisam os resultados e a imensa maioria dá à sola, sentam-se no sofá e ligam a sport tv. O principal problema da desistência da actividade política por parte da oposição é o trabalho que a mesma dá: reunir, procurar alternativas, observar irregularidades e protestar, protestar sem receio. Só fazem boa oposição os que gostam, que insistem despretensiosamente, aqueles que trabalham de graça, que trocam o conforto de casa, da tasca ou do passeio pelo “amor” à causa pública. Talvez seja essa a explicação para o desaparecimento de muitos “políticos” de peito feito em Outubro terem invernado em pleno inverno, saindo da toca somente quando o sino anuncia uma visita do “Chefe” ou um jantar com muitos Vips da capital, e se possível uma colocação estratégica perto das Câmaras de TV para entrar no noticiário das oito. O costume.

publicado por José Manuel Faria às 10:24

22
Fev 10

 

“Sinais de Fogo”, é provavelmente o melhor programa de entrevista dos últimos anos. Primeiro: largos minutos de estudo/investigação/estatística sobre várias áreas económicas/sociais que declaram o país real e que nos é escondido diariamente. Segundo, a entrevista; há muito tempo que não víamos um entrevistador sem receios a questionar um primeiro – ministro em “pé de igualdade”, quer dizer, colocando as dúvidas, esmiuçando os pormenores, contrapondo as incoerências, mostrando o verdadeiro Sócrates – mentiroso, cínico e mal/feitor ( o rapaz com 32 anos, já tinha sido director há cinco!..., um profissional), José  Sócrates , combate a forma e não comenta o conteúdo ( escutas). José Sócrates não tem o mínimo de condições políticas para continuar a governar. A política do quanto pior melhor, prejudica gravemente os portugueses e faz caminhar o país para o lamaçal, a oposição tem obrigação de dizer basta, exige-se por isso, o mais rapidamente, uma Moção de Censura a este desgoverno, o partido melhor posicionado para a propor é o Bloco de Esquerda, porque dos outros podemos esperar infinitamente, pelas razões conhecidas: tácticas a médio e longo prazo.

 

A Entrevista de Sócrates. Excelente texto.

publicado por José Manuel Faria às 22:37

 Eu não sei quem vai ganhar as presidenciais, mas sei como pode ganhá-las. Se algum candidato souber ter um discurso sobre como podemos voltar a ganhar a nossa democracia - contra a exclusão social, contra a corrupção, contra os bloqueios da nossa vida partidária -, ganhará as eleições.

Sei - aliás, sabemos todos - que Cavaco Silva não será o candidato capaz de fazer credível esse discurso.

 

Manuel Alegre e Fernando Nobre são provavelmente os dois portugueses que melhor poderão fazer este discurso. Mas é um caminho estreito, que não pode ceder à tentação do sebastianismo (é este o risco) nem do situacionismo (e seria uma desilusão). Acima de tudo, estas eleições não devem ser sobre como um homem pode ser o salvador da democracia, porque bastaria isso para a começarmos a perder. Mas devem ser sobre como é possível mobilizar a democracia, no país todo e depois em Belém, para que ela se salve si mesma.

Desafio Manuel Alegre e Fernando Nobre a que não comecem esta campanha um contra o outro. Pelo contrário, desafio-os a que a façam desde já em conjunto, numa série de debates pelo país, em que expliquem o que querem fazer nesta campanha e na presidência. Num país que não tem eleições primárias, esta é a clarificação de que precisamos por parte destes dois admiráveis cidadãos. Historiador. Deputado independente ao Parlamento Europeu pelo Bloco de Esquerda (http://twitter.com/ruitavares)

publicado por José Manuel Faria às 19:35


 

publicado por José Manuel Faria às 11:25


 

publicado por José Manuel Faria às 11:01

Ver imagem em tamanho real

"Um apoio da direcção nacional do Partido Socialista ao recém-assumido candidato presidencial Fernando Nobre está fora de causa, apurou o DN junto de fonte próxima do secretário-geral socialista." 


O PS vai apoiar Manuel Alegre. Mário Soares estará com a direcção socialista: deduz-se assim que Nobre não foi empurrado pelos "soaristas, antes pelo contrário.  Cai por terra a teoria de conspiração anti/Alegre.

 

Fernando Nobre disse que a conversa que teve com Mário Soares, como teve «com outras personalidades deste país», não foi «para o influenciar». «Foi para lhes perguntar apenas se achavam completamente estapafúrdio que um elemento da sociedade civil se erguesse, se levantasse, a decisão já estava tomada e eu disse-o a todos (...) não houve uma pessoa que me tivesse dito que não tinha cabimento»

http://www.tvi24.iol.pt/politica/fernando-nobre-presidenciais-manuel-alegre-candidatos-tvi24/1141147-4072.html

 

- As contas eleitorais são fáceis de fazer: Em 2006, Alegre não passa à 2ª volta por 30 000 votos, porque os comunistas tinham Jerónimo, os bloquistas Louça e os socialistas anti/Alegre Soares. Em 2011, Alegre não une – comunistas, bloquistas e anti/alegristas. Conclusão a derrota de Alegre era mais que previsível, era certa. Com a entrada de Nobre, Cavaco não terá vida fácil.

publicado por José Manuel Faria às 09:45

21
Fev 10

Os críticos da Candidatura de Fernando Nobre – divide a esquerda -, ainda agradecerão à mesma, a possibilidade de Manuel Alegre entrar na segunda volta das presidenciais. A seu tempo se constatará. 


O disparate de José Medeiros Ferreira, também tem esse direito

publicado por José Manuel Faria às 20:18

No século XIX na Inglaterra, uma arrumadeira (Julia Roberts) vai trabalhar na casa de um médico conceituado e rico (John Malkovich). Entretanto, este médico é o Dr. Jekyll e, apesar de idolatrar seu patrão, ela gradualmente descobre que ele é um homem desesperado, que esconde um terrível segredo que envolve seu assistente, o senhor Hyde.  

publicado por José Manuel Faria às 11:54

 

publicado por José Manuel Faria às 11:43


"Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança."

 

(Benjamin Franklin)

publicado por José Manuel Faria às 11:31

20
Fev 10

 

 

  http://www.fernandonobre.org/


"Nada tenho contra os partidos ou a democracia partidária, porque não existe outra. Mas sou contra o sufoco partidário da vida pública. Acredito, sincera e profundamente que um homem livre, só e independente, pode servir melhor o país, nesta altura tão difícil e sensível para Portugal. A magistratura suprapartidária do Presidente da República deve ser exercida sem demagogias, sem populismos, sem anti-corpos contra os partidos e os políticos."

publicado por José Manuel Faria às 22:14

  h2_100grana-1.jpg image by 100granawallpaper

- A entrevista de Dinis Costa à Rádio Vizela mostrou um político com 30 anos de carreira com muitos altos - presidente de junta, membro de concelhia Vizela/Guimarães, líder de secção, amigo de António Braga, Joaquim Barreto, José Ribeiro e de António José Seguro -, e alguns baixos – a sua não entrada na Comissão Instaladora de Vizela, por alteração de legislação, pois, afirmou DC, era o presidente de junta da maior freguesia que deveria liderar a CI (desconhecia em absoluto esta norma/regra). Dinis Costa referiu a estranheza de, em pouco tempo a secção passar de 350 militantes para mais de 1 500 nos finais dos anos 90, óbvia insinuação à entrada de Francisco Ferreira no PS. DC é candidato à presidência da concelhia em 2010 e em 2012 e, nesta data, espera defrontar vários adversários, pois é a altura das escolhas/nomeações dos autarcas, insinuando novamente o apetite que alguns poderão ter pelo poder. DC confirmou a presença de históricos, de desalinhados, de imensos jovens e demais militantes (centenas), na apresentação da sua candidatura, cuja lista está elaborada, e somente não apresentada por desconhecimento do nº de militantes a integrar, teve tempo ainda para contestar a lei da paridade, obra do PS e do BE. Foi uma entrevista desenvolta, agradável de se ouvir num registo típico à Dinis Costa: confiante e desafiador. Durante 50 minutos pairou constantemente no ar a figura de Francisco Ferreira. Depois desta entrevista auto/elogiosa de DC, só resta a Francisco Ferreira responder na mesma moeda, e apresentar-se a eleições. Na política não importa a possibilidade de perder, acima da derrota está a convicção, verticalidade e a honra. Francisco Ferreira foi desafiado.

 

ps: Manuel Moreira Pereira apoia Dinis Costa. Como foi possível ser seu adversário nas autárquicas? Aqui há gato! Ou uma história muito mal contada. 

publicado por José Manuel Faria às 18:18

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
Calma, a verdade é como o azeite vem sempre ao cim...
ANÓNIMO A 21 DE JANEIRO DE 2020 ÀS 13:48 Está a fa...
O rácio em Vizela de espaços verdes, é muito reduz...
Pedrosa o presidente da assembleia para dizer aqui...
E nesta terra de mentecaptos irá tê-la.Oposição in...
Trata-se de um patético editorial, bem ao estilo q...
O Pedrosa deveria esticar a corda. Mas medricas co...
Apelo à maioria absoluta!!!!!!!E depois o Jorge P...
Isto é que se chama rapidez. Há 15 dias só havia 2...
Jantar de Reis MVSGira o disco e toca o mesmo, ou...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO