07
Jun 10

Acha que tem possibilidades de ganhar as presidenciais?

"Acho, sim, senhor, que tenho. Acho que muitos dos descrentes, dos desmotivados, dos esquecidos do sistema, possivelmente são maioritários no nosso país…

 

São esses que não votam.

Pois, mas acho que vão votar. Vão pelo menos ter a possibilidade de escolha. O meu discurso vai ser muito frontal: se quiserem continuar com o sistema tal qual vigorou até hoje, vão ter candidatos do sistema, votem neles. Agora que esses candidatos não venham também dizer que são suprapartidários e pela cidadania, porque então estamos aqui numa mistura e numa tal confusão de conceitos que já deixo de entender seja o que for. Eles vão ter os candidatos do sistema, que levaram o nosso país à situação em que está, e têm responsabilidades acrescidas em relação a mim. Se querem por uma vez ter a possibilidade de uma mudança radical..."

 

DISCURSO DIRECTO COM FERNANDO NOBRE

 

Entrevista de um homem limpo, integro, solidário, verdadeiro e de entrega aos outros. De uma área política de esquerda moderada, que defende valores tradicionais, acompanhados de mudanças civilizacionais qb. Defensor dos desfavorecidos, desprotegidos e injustiçados. É pelas rupturas: competência, anti/corrupção e igualdade – dentro do sistema capitalista ultra/regulado. Típico elemento da “sociedade civil” sem comprometimento partidário. Pode dar (não há certezas) um bom Presidente da República, a léguas do desgastado direitista e inconsequente Cavaco, com 15 anos de poder, e do ziguezagueante oportunista militante do PS de socialismo na gaveta, com 36 anos de política à espera da 4ª reforma do sistema, de seu nome Alegre, basta de mais do mesmo. Procura-se um PR sério.

publicado por José Manuel Faria às 21:58



"Os que acreditam que com dinheiro tudo se pode fazer, estão indubitavelmente dispostos a fazer tudo por dinheiro."

 

(Beauchène)

publicado por José Manuel Faria às 20:31

publicado por José Manuel Faria às 11:06



A ideia continuamente martelada que a proliferação de candidaturas desfavorece os putativos melhores candidatos é uma falácia. A insistência nesta mentira tem dois objectivos, o receio do favorito em ser acossado por uma argumentação consistente obrigando-o a opinar, e a forte possibilidade de perder milhares de votos. Ora, um bom candidato nunca deve ter medo das suas ideias, e se outros podem captar votos, é porque os favoritos não são tão bons como apregoam. Não é por acaso que o PR pode e deve ser eleito à 2ª volta. A existência de várias candidaturas mobiliza eleitorado, cria vontade na participação, é portanto um élan democrático. Mesmo a divisão da direita, favorece Cavaco, os milhares nas candidaturas alternativas concentram-se no actual PR à segunda, votos que lhe podem fugir para a abstenção na primeira. Cavaco contra cinco, é pior que Cavaco mais um contra cinco.

 

Em 1996, aconteceu o único duelo- Sampaio venceu com 500 000 votos de diferença. Se Jerónimo tivesse ido a votos, Sampaio perderia? Claro que não!

publicado por José Manuel Faria às 10:15

A Teresa e Helena entram na história da igualdade e da liberdade em Portugal. Uma importante alteração de costumes sociais/culturais acontece no País: o casamento homossexual. O casal feminino concretiza um sonho.

publicado por José Manuel Faria às 09:06

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
O PSD /Jorge Pedrosa não faz campanha?Será que o ...
"Da meia noite até às 18h00 de sábado estará encer...
Qual será a razão da RC ser por vídeo conferência?...
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO