04
Ago 10

publicado por José Manuel Faria às 13:49

publicado por José Manuel Faria às 09:57

O PS colasse à Rainha de Inglaterra como um pajem ao seu Cavaleiro. Curioso, muito curioso!

publicado por José Manuel Faria às 09:53



A obsessão e tolice pela política do PS Vizela iniciou-se em 2010: Dinis ganha sem oposição, quer ganhar em 2012, e já disse que quer renovar o mandato. A Coligação tem candidato para 2013. Os outros partidos organizados não podem adormecer, e a curto prazo devem alertar as hierarquias e mobilizar os seus para internamente preparem a possibilidade da abrir excepções a candidaturas unitárias. Vizela poderia servir de exemplo.

A eleição de um vereador pelo BE ( 10,5%) ou PCP não é impossível, mas difícil.

Juntos, numa coligação alargada elegem de certeza. Assim como 3 deputados pelo mesmo.
- Por isso, para a maioria não convém lembrar..., a ver se esquece!..

Três anos é um tempo ideal para definir uma estratégia, se quiser colher frutos. Definir protagonistas só em 2013, claro.

publicado por José Manuel Faria às 09:26

03
Ago 10

FOTO-Legenda

 

DDV

 

- Não compre nos Hipermercados Vizelenses (mesmo que estejam em cada esquina), invista no Tradicional.

publicado por José Manuel Faria às 18:45



"Pinto Monteiro sustenta ainda ser 'preciso que, sem hesitações, se reconheça que o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público é um mero lobby de interesses pessoais que pretende actuar como um pequeno partido político' e que o poder político deve esclarecer esta questão de 'forma inequívoca""

 

- O PGR fez declarações gravíssimas. Pinto Monteiro tem de provar o que diz, ou então que se ponha a andar. Este sr. foi proposto para PGR em 9 de Outubro de 2006 pelo Eng. Sócrates e aceite por Cavaco. Só, quatro anos após a tomada de posse se deu conta das suas competências!


Sindicato Magistrados Ministério Público, Responde ao PGR.

publicado por José Manuel Faria às 18:32

publicado por José Manuel Faria às 10:18

A Unidade só se consegue na Diversidade do Pensamento e na Liberdade de acção, sempre, mas sempre sem anátemas na base de uma heterodoxia criativa.

publicado por José Manuel Faria às 10:08



A Esquerda à Esquerda do PS, definiu, nas Teses aprovadas em Congresso do PCP e na Moção vencedora do Bloco de Esquerda uma estratégia eleitoral idêntica: abertura das listas do PCP a independentes no quadro da CDU, e o mesmo, no âmbito do Bloco, este “orientou” o Partido da possibilidade de apoio a Listas de Independentes nas Autárquicas, obedecendo a linhas gerais de políticas autárquicas do BE. As diferenças organizativas, programáticas, ideológicas, rivalidades ou velhos e novos ódios fazem compreender a difícil ou impossível probabilidade de entendimentos pré-eleitorais em eleições ao Parlamento Europeu e à Assembleia da República. Quanto às Autárquicas e Presidenciais, o eleitor comum ou mesmo o militante de base “engole” com mais dificuldade estas opções.

 

No próximo Congresso do PCP e na Convenção do BE, estas ideias continuarão a dominar.

 

Esta “conversa” tem o propósito de alertar as direcções concelhias, distritais e Órgãos Nacionais do PCP e BE, que tem havido incompreensões e bastantes desilusões por parte de Movimentos Cívicos alargados, pela postura e rigidez destas estratégias, mais, estes grupos, a maioria de inclinação de esquerda têm-se abrigado debaixo de chapéus Azuis/Laranjas, Coligações PSD/CDS dando a estas uma abrangência tal que podem fazer pender a vitória ou a retirada de maiorias incompetentes do PS de há longos anos nas autarquias pequenas/médias, entre 20 e 50 mil eleitores.

 

Nestes Concelhos onde os problemas a resolver e os projectos a elaborar são do conhecimento de todos: combate à arrogância e “autismo” do Poder, favorecimento na entrada de funcionários, corrupção ou indícios da mesma, ordenamento e planeamento sustentado do território, valências sociais, desemprego, ocupação/divertimento da Juventude, bibliotecas, agendas culturais ecléticas ou a necessidade de pressionar o Poder Central a investir mais e melhor nas suas Terras. A dispersão de votos em Listas separadas  fazem  com que a possibilidade de os transformar em Mandatos seja longínqua, entregando-os às centenas ao lixo, principalmente na eleição à Câmara Municipal, e é uma pena, afirmam as plataformas de independentes. É que ao contrário do que pensam as direcções partidárias, os analistas, jornalistas e comentadores há uma sociedade civil viva e com extrema vontade de intervir, faltando-lhe a maior parte das vezes um local onde possam realizar ou colaborar com os seus projectos. A realidade sociopolítica local/municipal é diferente, está a léguas, por assim dizer, das políticas e interesses da Assembleia da República e do Governo. Aqui (município) conhecesse o carácter, a idiossincrasia a malandrice, a inteligência, a competência ou o vazio do personagem. Sabe-se distinguir muito bem, o altruísta do oportunista, até pelo cheiro.

 

Se a Coligação PSD/CDS "Por Vizela" acolhe independentes de áreas da esquerda dando-lhe um carácter "unitário"/abrangente. O BE e o PCP de Vizela têm de começar a pensar no futuro, esse início dar-se-à nas respectivas reuniões magnas/nacionais, onde os delegados de Vizela devem confrontar os seus partidos com a necessidade de criar frentes de esquerda, mais independentes; com objectivo concreto de eleger Vereadores e retirar as contínuas maiorias absolutas do PS ou no futuro da Coligação, num concelho de 7, facilmente se alcança a absoluta maioria ( 4/3).

 

O Congresso do BE é em Fevereiro de 2011 e o do PCP no fim de 2012.

publicado por José Manuel Faria às 09:38

02
Ago 10

publicado por José Manuel Faria às 20:12

publicado por José Manuel Faria às 10:01

"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre."

 

Oscar Wilde

publicado por José Manuel Faria às 09:52

O que pensa do recurso do Estado à golden share na PT para evitar a venda da Vivo?

 

Parece-me que, para sectores estratégicos do Estado, teria sido de bom tom preservar 51% das participações, para garantia da soberania nacional. Assim não sendo, fez bem em usar a golden share.

 

- De certeza que a direita e o PS não gostaram nada desta resposta.

publicado por José Manuel Faria às 09:24

01
Ago 10

O único Deputado de Vizela ao Parlamento: Vítor Hugo Machado da Costa Salgado de Abreu, eleito (substituição ) pelo PS no mandato (2005/2009).

 

Biografia

publicado por José Manuel Faria às 18:22

DDV (foto)

"No ano de 1982, 5 de Agosto a “Revolução Popular” pela auto-determinação administrativa de Vizela esteve ao rubro, de um lado a população vizelense em luta contra as injustiças do poder político e do outro as “forças da ordem” (GNR) de Ângelo Correia ministro do MAI.

Foi um Dia marcante e decisivo no processo reivindicativo autonómico. Dia este sempre lembrado durante anos, principalmente nos anos 90 quando o Jardim Manuel Faria se enchia de vizelenses e não só para reclamar da liberdade. Com os média a transmitir os acontecimentos.

Vinte e cinco anos depois a Comemoração deve-se resumir a um encontro de antigos membros do grupo “clandestino” A Pesada um dos principais impulsionadores da luta.

É incompreensível que depois da restauração do Concelho nem a antiga Comissão Instaladora (1998/2001), e a Câmara Municipal (2001/2005 – 2005/2009) assim como as Assembleias Municipais não tenham dado qualquer importância à data.

Deve haver uma ligação íntima entre as lutas populares e o poder eleito democraticamente, é esta simbiose que faz da Democracia o regime político menos imperfeito, a não existir esta relação, o povo tem toda a razão em culpar os políticos de oportunistas e interesseiros.

A população Vizelense tem de acordar da letargia e dos medos e reivindicar numa luta constante pela melhoria do sistema democrático, pois não é só de 4 em 4 anos que o povo deve ser lembrado.

Alerta, sempre!"

 

Blogminho

 

- Mais um ano, e o poder político: Câmara Municipal e Assembleia Municipal continuam com medo de Comemorar oficialmente o " 5 de Agosto". Espera-se que as Oposições digam algo!

publicado por José Manuel Faria às 10:31

 

Sam Mendes cria uma fantástica obra contra a falsidade e a favor da humanidade deteriorada por uma vida fútil.

publicado por José Manuel Faria às 10:04

 

amber heard

publicado por José Manuel Faria às 09:49

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


24
25
26
27
28

29
30


comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO