03
Fev 11

 

 

Para o que importa – prosseguir a luta para travar e derrotar a política de direita em agravamento –, o oportunismo e o anticomunismo da direcção do BE são pouco mais do que descartáveis.

Mas desta vez o mau perder de Louçã e seus pares resultou numa operação de branqueamento, com vista à recuperação do BE como falsa alternativa e tábua de salvação do PS e da respectiva política (de direita).

A lavandaria está muito activa, com os escribas desta «coligação tetrapartidária» (BE/PS/PSD/CDS) nos média dominantes a ocultar, minorar, ou transferir para o PCP as responsabilidades do BE nos resultados de 23 de Janeiro. A orientação da mistificação está nas mãos de Louçã e pouco mais, porque hoje registam-se no BE novas dificuldades e algumas hesitações.

Diz Louçã que o que releva na campanha de Alegre é a «luta contra o FMI e a defesa dos serviços públicos», bem como a «garantia» de vetar a desqualificação das leis laborais. E nós que concluímos que Alegre considerou o OE 2011 do paradigma do FMI, do roubo aos trabalhadores e do ataque brutal aos seus direitos e aos serviços públicos, um «mal menor»(!), o que o levou até a enaltecer a «coragem»(!) de Sócrates.

Diz Louçã que a candidatura do PCP registou a «maior perda em proporção» relativamente a 2005, mas, apesar da abstenção, facto é que obtivemos 7,14% e 300 mil votos, um contributo efectivo para superar Cavaco e a «estabilidade» do Governo PS e dos grandes senhores do dinheiro.

E concluímos que Louçã e o BE perderam todos os 288 mil votos de 2005, concluímos que o BE «teve falta de comparência» nas presidenciais em que esteve aliado com este Governo, campeão da política de direita, e contribuiu para que os eleitores do BE e do PS disparassem «em todas as direcções» (citando M. Portas), facilitando assim a vitória a Cavaco.

E concluímos que o BE alienou o combate contra Cavaco e a política de direita por «pura demagogia eleitoralista» (assim se repudia o insulto de Fazenda) e pela gula do «entrismo» no PS, visando cumprir o seu destino oportunista e social democrata.

A derrota foi dura para o BE. O oportunismo e o anti-comunismo são apenas recorrentes.


Carlos Gonçalves

publicado por José Manuel Faria às 18:35

publicado por José Manuel Faria às 10:58

 

"Ao nível do Estado, a pluralidade da representação democrática é, como sabemos, alcançada através da selecção proporcional de candidatos alinhados pelos partidos em lista fechada. Mas a disputa eleitoral, essa, tem vindo a circunscrever-se a um quase plebiscito aos candidatos a primeiro-ministro. Os partidos cumprem uma função de selecção dos candidatos e assumem-se como instrumento de mobilização eleitoral. Mas os eleitos, desprovidos de outro peso político para além do que lhe confere a própria posição partidária, têm vindo a ver erodido o seu estatuto à medida da sua relevância política. Em suma, os eleitores tendem a desvalorizar o parlamento vendo sobretudo nele a emergência de uma arena para a disputa política. E os agentes políticos tendem, sobretudo, a potenciar essa função tribunícia segundo critérios de estrita adequação ao directório partidário, de onde muito escapa o estudo sustentado, a suficiente ponderação do interesse público nas opções a tomar e, por fim, o apuramento personalizado das responsabilidades políticas."


Diário Económico

 

- Governante corajoso na "luta" pela sua tese;

 

- Concordo com os pontos de vista sublinhados;

 

- O mais extraordinário é essa ideia que é propagada de norte a sul que o eleitor PS de Bragança vota em Sócrates! E quanto difícil é desmentir.

 

Guerra Aberta entre o PS e Lacão

publicado por José Manuel Faria às 09:53

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
António Costa protagoniza arruada este domingo em ...
e o carvalhinho tambem entra nas contas? Sempre no...
Um livro, critérios diferentes:O livro das bandas ...
Quem é esta Irene Costa?É Socialista? militante? h...
"Não deixei de ser quem fui, não vou alterar em na...
Comissão Administrativa da Concelhia do Partido So...
Os PS (grandes) só se lembram dos militantes para ...
Olha os socialistas interesseiros, quando dava jei...
Um milhão de euros!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...
Convém informar quais os funcionários que passam/r...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO