04
Abr 11

 

"No curto prazo, deveria caber ao Bloco de Esquerda e ao Partido Comunista a iniciativa para a definição dessa alternativa de governo. Já que são os partidos que têm representado a iniciativa parlamentar na apresentação de medidas políticas alternativas, em áreas como o combate à precariedade, a defesa dos serviços públicos e a defesa do Estado Social. 

Uma iniciativa para uma alternativa, entre o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista, seria um bom exemplo de convergência e de afirmação, que, decerto, mobilizaria muitas vontades. Mas essa iniciativa teria de se dirigir transversalmente às bases sociais do PS (sem a base social do PS, será muito difícil qualquer alternativa de governo à esquerda), do Bloco de Esquerda e do PCP, falando só em partidos que têm tido representação parlamentar. Não pode, no entanto, ficar por aqui. Daí a necessidade vital de se ter de perceber muito bem, sem paternalismos, nem esquemas arcaicos, os movimentos sociais, como o da chamada “geração à rasca”."

 

 - Uma Tese clara e mais abrangente que a da Moção A.

publicado por José Manuel Faria às 22:43

 

 

"O bloquista também já se pronunciou sobre o segundo abaixo assinado e que diz respeito à colocação de equipamentos de diversão em vários locais da cidade, durante o período em que decorrem as Festas da Cidade, falando da Av. Abade Tagilde, das Pracetas 5 de Outubro e Arménio Caldas e das Urbanizações da Quinta da Portela e da Quinta do Casal. Victor Cunha evoca “barulhos intensos, maus cheiros e falta de condições de higiene". Mas que alternativas apresenta o BE de Vizela? Eis a resposta de Victor Cunha: “Podem colocar os equipamentos junto do Parque das Termas e do “Park Club”, onde têm os seus amigos, ou em outros locais que não prejudiquem os moradores. Há crianças e idosos a morar nesses locais e nada está regulado. Tem sido um pandemónio todos os anos”"

 

Rádio Vizela

publicado por José Manuel Faria às 19:24

publicado por José Manuel Faria às 10:36

 
 
MOÇÃO B: "ACRESCENTAR LIBERDADE, DEMOCRACIA E SOCIALISMO ÀS LUTAS
 ANTI-CAPITALISTAS
 E ANTI-TOTALITÁRIA! SEM DEMOCRACIA INTERNA
 NÃO HÁ PERSPECTIVA POLÍTICA!"
 
lista.b@bloco.org
 
http://www.bloco.org/media/debatesIII.pdf

publicado por José Manuel Faria às 10:14

 

 

 

- Autorização para a celebração de contrato de prestação de serviços, nos termos do Código dos Contratos Públicos, para a elaboração de um estudo de
diagnóstico sobre a situação financeira da autarquia e um plano de saneamento financeiro, bem como para o acompanhamento do processo de aprovação do mesmo junto das necessárias entidades.”"

 

 - Este ponto da ordem de trabalhos da próxima reunião de Câmara é único/fundamental para se poder qualificar o Executivo.

 

  A CMV tem de ter uma explicação racional para tamanho descalabro financeiro: a crise económica de modo algum é o factor principal para esta inenarrável situação financeira. Caso a(s) causas/razões não sejam credíveis, os responsáveis autárquicos de Vizela tornar-se-ão o problema e não a solução política do Concelho Termal.

 

 A ser assim, a apresentação de uma "Moção de Censura" à CMV não será de descartar.

 

 Espera-se alguma tomada de posição das Concelhias do PCP e do BE. 

publicado por José Manuel Faria às 09:45

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Ó Sérgio lá se foi a bica quente, vejam se o meu ...
Parece que as Termas de Vizela, também não pagaram...
É impressionante, o Presidente está em todo lado t...
Grande Sérgio Coelho, é na mouche, tens um admirad...
Candidatura - valor 1.843,085.57 Eur, Valor da obr...
Alguém com lucidez, que vai ao encontro de muitos ...
Hoje vão iniciar as obras na Praça e no Jardim, es...
Mais informa a CMV que a manter-se esta situação i...
Este Sérgio Coelho diz as coisas na mouche, muito ...
Retrato do Município de Vizela pela PORDATA 19 de...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO