06
Abr 11

 

 O projecto-lei, apresentado pelo Grupo Parlamentar do PS, foi votado ao final da tarde desta quarta-feira, dia 06  de Abril, no Parlamento, e foi aprovado.

 

 Informação da Directora do Notícias de Vizela,

 

 Susana Ribeiro

publicado por José Manuel Faria às 18:50

 

"Primeiro facto: todos conhecemos as diferenças substanciais que existem entre o Bloco e o PCP. Desde logo, uma diferente concepção das liberdades públicas que se reflecte no seguidismo do PCP face a regimes ditatoriais como a China e a Coreia do Norte. Por outro lado, uma distinta articulação com o espaço público: o Bloco quer ser um partido-movimento-social e o PCP reproduz a estratégia leninista da vertical cadeia de transmissão, bem patente na forma como se relacionam com os sindicatos. Além do mais, as visões de funcionamento “interno” são bem diferenciadas: o Bloco reconhece tendências e estimula a diversidade de posições e opiniões, enquanto que o PCP mantém o centralismo democrático. Finalmente, o PCP olha a Europa com desconfiança e viés nacionalista, ao mesmo tempo que o Bloco a encara como possibilidade de internacionalizar as lutas.

Segundo facto: Bloco e PCP convergem nas tomadas de posição no Parlamento e no espaço público, nas votações (em mais de 4/5 dos casos) e nas plataformas reivindicativas, nomeadamente na CGTP.

Deste modo, faz todo o sentido aprofundar uma acção unitária. Sem hipocrisia, porque isso significaria esconder diferenças reais, mas também sem sectarismos, porque isso levaria a um enfraquecimento do combate anti-capitalista, particularmente numa conjuntura de forte ofensiva reaccionária, como a que estamos a viver.

Assim, uma coligação pré-eleitoral seria um absurdo, porque estes dois partidos têm mais votos separados. Mas novas e cada vez mais arrojadas modalidades de convergência pós-eleitorais são não apenas desejáveis mas, acima de tudo, necessárias."

 

 - Uma Coligação pré/eleitoral seria um absurdo, afirma JTL. Um absurdo!!!

publicado por José Manuel Faria às 14:00

publicado por José Manuel Faria às 10:32

 

 

"O conselheiro António Capucho acorreu hoje em defesa de Bagão Félix, afirmando que este "está a falar a verdade" quando disse que o primeiro-ministro mentiu quando negou a discussão da ajuda externa a Portugal no Conselho de Estado.

Em declarações à agência Lusa, o social-democrata António Capucho sustentou que o antigo ministro dos governos PSD/CDS-PP, que integra o Conselho de Estado, "está a falar a verdade"."

 

 - Não se pode (deve) falar sobre as reuniões de Conselho de Estado. No entanto Sócrates falou e mentiu. O "rating" de credibilidade do PM baixou 3 níveis, roça o "lixo".

publicado por José Manuel Faria às 10:19

 

 

O socialista António Arnaut, um dos fundadores do PS, defendeu esta quarta-feira que o partido deveria tentar um governo com a participação do PCP e do BE, caso vença as próximas eleições com maioria relativa, escreve a Lusa.

 

O Pai do Serviço Nacional de Saúde (SNS), António Arnault, de certeza com as melhores intenções propõe o impossível: negociar com Sócrates. O arcaísmo (neoliberal) de Sócrates, Assis, Santos Silva e demais direcção do PS é tal que os partidos à sua esquerda, bem à esquerda (porque este PS guinou para a direita) certamente nem por um segundo pensariam neste "ménage à trois”. Fica a ideia, somente.

publicado por José Manuel Faria às 09:38

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Realmente existe gente que comenta por comentar, o...
O problema é que o PSD+ CDS nas próximas vão ficar...
Tem toda a razão. É uma "tacheira"Até se posiciono...
Que estamos a precisar de gente nova na política, ...
Anónimo a 12 de Julho de 2019 às 22:41Caro anónimo...
A Dora é uma politicodependente. É a maior oportun...
-APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO VETERINÁRI...
Gostei de os ver de capacete, branquinhos que boni...
falta lhe berço. é um puto mal educado. o mandatár...
Ai VHS continuas a cuspir no prato que comeste, nã...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO