25
Abr 11

 

COMUNICADO

O BLOCO DE ESQUERDA DE VIZELA ESTÁ INCRÉDULO COM A AUSÊNCIA DO SEU DEPUTADO ELEITO ( JOÃO PAULO MONTEIRO) NAS COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL LEVADAS A CABO PELA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE VIZELA, MAIS INCRÉDULO CONTINUA POR A ESTA HORA AINDA NÃO TER OBTIDO QUALQUER INFORMAÇÃO A CERCA DA AUSÊNCIA DO REFERIDO DEPUTADO MUNICIPAL.
APÓS VARIAS TENTATIVAS DE CONTACTO O REFERIDO DEPUTADO AINDA NÃO DEU QUALQUER RESPOSTA.
DADA A GRAVIDADE DA SITUAÇÃO FICAREMOS A AGUARDAR A RESPOSTA DO REFERIDO DEPUTADO PARA AGIR EM CONFORMIDADE.
ESTA AUSÊNCIA INACEITÁVEL E IRRESPONSÁVEL É DA INTEIRA RESPONSABILIDADE E EXCLUSIVA DO DEPUTADO JOÃO PAULO MONTEIRO NÃO TENDO A COORDENADORA CONCELHIA OU QUALQUER PESSOA DA REFERIDA COORDENADORA CONCELHIA CONHECIMENTO PRÉVIO POR FORMA A SUBSTITUIR O MESMO SE O PROBLEMA FOSSE DO FORO DA SAÚDE PESSOAL DO REFERIDO DEPUTADO.
O BLOCO DE ESQUERDA DE VIZELA NÃO FARÁ JULGAMENTOS NA PRAÇA PUBLICA MAS VAI AGIR EM CONFORMIDADE COM ESTA INAUDITA E IRRESPONSÁVEL AUSÊNCIA. 
O DIA DA LIBERDADE É PARA A ESQUERDA UM DIA DE RESPONSABILIDADE, UM DIA DE LUTA UM DIA DE MEMÓRIA COLECTIVA, AUSENTARMO-NOS DESTE DIA É RENEGAR OS VALORES DE ABRIL, DA DEMOCRACIA E DA LIBERDADE.

A COORDENADORA CONCELHIA


VÍTOR CUNHA

publicado por José Manuel Faria às 22:16

 

 

 

 

"Investidores em dívida pública acreditam que é mais arriscado investir em obrigações nacionais do que em dívida do Líbano ou Cazaquistão"

publicado por José Manuel Faria às 19:19

 

Pela primeira vez em treze anos de autonomia administrativa em Vizela, um Partido Político primou pela ausência na Comemoração do 25 de Abril organizada pela Assembleia Municipal de Vizela: O Bloco de Esquerda. 

 


Bloco de Esquerda sem discurso por ausência do seu representante

publicado por José Manuel Faria às 13:28

 

 

 

 

 

Marcha Pela Liberdade

publicado por José Manuel Faria às 11:30

 

 

Este homem, a quem, com toda convicção, confiei (e voltaria a confiar) o meu voto nas últimas eleições presidenciais, tem na verdade um grande defeito que acaba, afinal, por ser uma das suas maiores qualidades: é um desastrado nato! Engana-se frequentemente, tropeça em si mesmo e nas suas próprias declarações, diz o que não queria dizer e já chegou mesmo a declarar não ter gostado de se ouvir depois de ter dito o que disse. Tudo isto, porém, não lhe tira, a meu ver, qualquer mérito ou qualidade. Antes pelo contrário, acrescenta-lhas. A perfeita compreensão e a aceitação da sua escala e condição humanas, sempre disposto a reconhecer os seus erros, têm tornado este homem verdadeiramente apetecível para todos os quadrantes do poder e/(ou) a ele aspirantes, (como fica bem demonstrado pelo seu percurso dos últimos anos). Ele é justamente o antípoda do político, do calculista, do caça-votos, do arranjista, do enganador, do mentiroso compulsivo que, infelizmente, têm infestado a nossa vida pública das últimas décadas. E é exactamente porque este homem é um «não-político», é um desastrado, é, no fim de contas, um puro, (espécimen que é impossível de se encontrar dentro dos «aparelhos»), que estes, quase sem excepção, o têm chamado esporadicamente para que ele lhes empreste alguma da sua candura, para que lhes dê aquela limpeza e ar renovado que de outra maneira não conseguem ter(...)"

publicado por José Manuel Faria às 10:57

Passos e a mulher apareceram em duas revistas do grupo Cofina

 

 

O Líder do PSD, Passos Coelho, numa tentativa desesperada de “caça ao voto”opta por escancarar a porta da sua família ao “olho popular”, mostrar: a mulher, filhos, casa, gostos - identifica uma estratégia de cativar pela emoção -, torna-o “humano”, um ser igual a nós e, resulta, principalmente na classe trabalhadora.

 

PPC envereda por um caminho oposto ao de Sócrates: este cobre a intimidade com uma carapaça intransponível. Sócrates é o homem só, com um único destino “servir os portugueses”, ninguém sabe com quem acorda, quem são os filhos e não há imagem de sua ex: mulher.

 

Duas posturas antagónicas: a da abertura e a do secretismo. Nesta “matéria”, normalmente as “massas” gostam mais da primeira, a segunda cria, pode criar excessivo mistério, e este não é bom conselheiro para quem procura a aceitação política.

publicado por José Manuel Faria às 10:13

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
São os LIONS... porque são os Reis da (VIZELA) sel...
O professor este comentário é que devia pôr no Fac...
Ainda bem para a Rádio Vizela que foi José António...
O pavor e o medo chegou à Câmara Municipal de Vize...
Anda aí um zum zum de alguém que anda á procura de...
ANÓNIMO A 9 DE DEZEMBRO DE 2019 ÀS 10:54O PREÇO DE...
Os milhões que a Câmara socialista de Francisco Fe...
ANÓNIMO A 9 DE DEZEMBRO DE 2019 ÀS 20:41É verdade ...
Porque não respondeu no Facebook?Ao menos o Sr. An...
que bonito o cortejo, tinha outra vida se fossem a...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO