22
Mai 11

Sócrates aceita Passos Coelho e Paulo Portas como ministros num Governo por si liderado

22 de Maio de 2011, 20:51

 

União da Tróica nacional

publicado por José Manuel Faria às 22:05

 

 

"Seguem José Sócrates para todo o lado, de norte a sul do País, em autocarros pagos pelo PS. Depois são usados para compor os comícios, agitar bandeiras, e puxar pelo partido, apesar de muitos deles não perceberem uma palavra de português e não poderem votar. Em troca têm refeições grátis.

 

Trata-se de imigrantes provenientes da Índia e Paquistão, trabalhadores nas lojas do Martim Moniz, Lisboa, e na construção civil. Estiveram com José Sócrates em Beja, Coimbra e no comício de ontem em Évora, onde deram nas vistas ao exibir os seus turbantes. Até à porta da RTP, no dia do debate com Passos Coelho, realizado na sexta-feira, estiveram de bandeiras em punho.

Além do transporte, conforme o CM verificou, o PS disponibiliza refeições e lanches. Deixaram os seus trabalhos para apoiar Sócrates, mas disseram ao CM que não são pagos por isso. "Não são pagos" garantiu também ontem fonte do PS, justificando que a presença dos imigrantes está inserida "na estrutura voluntária da campanha".

Singh Gurmukh, indiano e trabalhador na construção civil, é acompanhado por quatro dezenas de imigrantes asiáticos em Évora. Diz que segue Sócrates de "graça" como reconhecimento pelo apoio à sua comunidade. "Só pagam o autocarro e a comida", disse num português pouco perceptível. A par desta comunidade, o comício contou ainda com mais de uma centena de africanos, que viajaram em dois autocarros da zona do Cacém, Sintra. "Chegámos esta tarde. Apoio Sócrates ", disse Sandim Cassama, da Guiné-Bissau, e residente em Portugal há 20 anos."

 

Sócrates

publicado por José Manuel Faria às 10:53

Rie Rasmussen

 

 

Rie Rasmussen

publicado por José Manuel Faria às 10:24

 

"Ao descer de uma torre de slide, o cabo partiu-se e Ana Rita caiu desamparada no chão, sofrendo lesões que causaram a morte. A família vai processar o Estado."

 

Há um ano protestei pela existência do chamado "Dia da Defesa Nacional": 
Nos termos da Lei do Serviço Militar, o Dia da Defesa Nacional visa sensibilizar os jovens para a temática da Defesa Nacional e divulgar o papel das Forças Armadas, constituindo a comparência um dever de todos os cidadãos nacionais.Durante este dia, aos jovens são proporcionadas palestras sobre os valores da defesa nacional e as suas obrigações militares enquanto cidadãos portugueses, sobre o mundo castrense, as suas missões e organização, tendo oportunidade de assistir à cerimónia do hastear e arriar da Bandeira Nacional e a filmes alusivos à Defesa Nacional e às Forças Armadas. Têm, ainda, oportunidade de conhecer, assistir e até participar em actividades operacionais da unidade.

Um dia obrigatório de propaganda militar ( de defesa e de ataque ) onde os jovens podem participar em actividades operacionais da unidade.A Ana Rita participou e morreu por falha técnica (material). O culpado pela morte da jovem foi o militar/militares que colocaram o "cabo de aço". A família tem todo o direito, mais, o dever em processar o Estado. 

publicado por José Manuel Faria às 09:44

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO