02
Out 11

 

- As Câmaras municipais cortam despesas: ar condicionado ( fim das gravatas e uso obrigatório de saias curtas (verão)), papel, lápis, convites para festas, electricidade (rua, departamentos, corredores, internet), iluminação pública (dia sim, dia não), fim de apoio às colectividades (exemplo do prémio aos alunos de 500 euros): acabou o circo - Vamos trabalhar para a Nação, ganhar credibilidade com intuito dos mercados nos emprestarem carcanhol a juros mais baixos: E a recessão? Isso agora não interessa nada.

publicado por José Manuel Faria às 10:27

Melissa George

publicado por José Manuel Faria às 10:07

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Quim Barreiros e Expensive Soul nos festejos do 19...
Victor Hugo Salgado oficializa recandidatura em ma...
Se para festejar o dia do concelho são precisos ta...
AG até se entende que ao falares no passado não f...
Cada vez que leio o RV nem sei que diga em sei que...
283.000 pensionistas têm penções miseráveis, isso ...
São os memos argumentos da Opus Dei....
"Victor Hugo Salgado respondeu, mas antes voltou a...
Quantos quer? 1,3,5,6,7, quer com nomes começa no ...
O melhor vereador das Obras Municipais?!Basta ver ...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO