04
Dez 11

 

"Recusamos qualquer coligação com outros partidos. O PS está submetido à troika e à política de austeridade, dirigindo gestões autárquicas liberais e conspirando com a direita para alterações anti-democráticas às leis eleitorais (inclusivé autárquica). O PCP cultiva como nunca uma atitude sectária que sublinha a sua falta de distinção quanto à forma de exercício das pesadas responsabilidades autárquicas que tem neste distrito."

 

 

Grupo Do BE/Setúbal

publicado por José Manuel Faria às 21:14

publicado por José Manuel Faria às 11:36

 

 

 

 

 

 

"Uma saída com compensações por aquilo que nos roubaram e com alterações de outras políticas, desde a agricultura, às pescas e à indústria, podendo o país, de imediato, começar a produzir para diminuir o seu défice"

 

Ilda Figueiredo

 

 

Os resultados do exercício contrafactual sugerem que, nos primeiros 11 anos, o euro teve um impacto negativo na evolução do PIB, sugere-se assim que  os efeitos esperados da UE para o crescimento e convergência da economia portuguesa estão por cumprir - a entrada no euro foi um erro político/económico no entanto a saída neste momento seria desastrosa (perda de 60% do valor da nova moeda).

publicado por José Manuel Faria às 10:40

 

Fernanda Lima

publicado por José Manuel Faria às 10:23

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





comentários recentes
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO