10
Jul 12

 

"Numa nota enviada para a Comunicação Social, a Concelhia de Vizela do Bloco de Esquerda (BE) vem expor uma recomendação à Câmara Municipal. Os bloquistas referem, “que o Município, devido ao não pagamento do subsídio de férias aos trabalhadores camarários irá encaixar uma verba e que a deveria utilizar na criação de bolsas de estudo”. O objetivo seria “reduzir os efeitos das desigualdades sociais que impedem alunos, com dificuldades económicas, de ter acesso ao Ensino Superior”, adianta o comunicado.

 

De acordo com o BE os candidatos teriam que preencher requisitos para se candidatarem às referidas bolsas de estudo, entre os quais serem residentes no concelho, terem aproveitamento escolar com média igual ou superior a 14 valores e serem estudantes a tempo inteiro”, entre outros critérios.

 

Segundo se lê ainda na nota esta proposta seria para entrar em vigor já no ano lectivo de 2012/2013 e teria a duração de dez meses."


RV

publicado por José Manuel Faria às 18:12

publicado por José Manuel Faria às 12:06

 

 

 

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?article=188653&tm=4&layout=122&visual=61

 

"Foi a única mulher que desempenhou o cargo de primeiro-ministro em Portugal, tendo chefiado o V Governo Constitucional, em funções de Julho de 1979 a Janeiro de 1980.Em 19.07.1979, foi indigitada pelo presidente da República, general Ramalho Eanes, para chefiar o V Governo Constitucional (31.07.1979 – 03.01.1980), um governo de gestão incumbido de preparar as eleições legislativas intercalares marcadas para 2 de Novembro desse ano. Ao aceitar desempenhar aquelas funções, Maria de Lourdes Pintasilgo tornou-se a primeira mulher portuguesa a assumir o cargo de chefe do Governo. Foram características da sua acção governativa, nas palavras de um historiador, uma liderança dialogante, bem como a manifesta preocupação de justiça social que trespassou a produção legislativa daquele período[1].

 

 

Foi candidata independente às eleições presidenciais de 1986, as mais competitivas e polarizadas do regime democrático português, onde pela primeira vez os candidatos eram civis e não já militares. Sem o apoio de qualquer máquina partidária e gozando do prestígio que recolhera enquanto primeira-ministra.Os resultados eleitorais traduziam o triunfo dos aparelhos partidários sobre as apostas singularizadas, penalizando fortemente aquela que havia sido a candidatura mais personalizada, a de Maria de Lourdes Pintasilgo, com 7,4% dos votos."

 

 

Maria de Lourdes Pintasilgo teve o meu voto.

publicado por José Manuel Faria às 08:46

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
O PREÇO DE QUEM NÃO OBEDECE A VICTOR HUGO SALGADO:...
Anónimo de 5 de Dezembro de 2019 ás 13:11Comentári...
Vizela parece uma aldeia, que pirosice, TVI ao dom...
Na minha viagem pelo Faceebook sobre a venda do CA...
Sr, Anónimo vai ver que se fosse na CASA do PARK n...
Muito bom mesmo,ahahahahahahahahhah
Desde quando um almoço numa cantina é notícia na c...
O JANTAR DE NATAL DA CÂMARA FOI NO MUSEU DOS BOMBE...
Almoço na Polopique Victor Hugo Salgado, president...
OS lions???? pelo menos no peditório da luta conta...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO