04
Jan 14

 

 

Onde está o lado cristão do CDS?

O cristão, desde logo, honra os seus compromissos e não se permite destruir um país na base da demagogia, afirmando, quando a bancarrota já está à vista, que gastando-se mais dinheiro se vai fazer bem a alguém. O cristão é aquele que é capaz de gerir com bom senso e com verdade recursos que são escassos, acreditando que os próximos tempos serão melhores. O cristão não mente.

 

Porque é pecado?

Não, porque não mente. Ponto. E não mente nem sequer por razão eleitoral. Sabe o que é que um cristão não faz? O que um cristão não faz é participar num debate parlamentar dizendo que vai fazer auto-estradas e vias rápidas sem custos para o utilizador quando afinal os custos para o utilizador são imensos para um povo inteiro por muitas gerações.

 

jornal i

publicado por José Manuel Faria às 10:50

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO