08
Jan 14

 

 

A coligação Vizela é para todos, após uns dias de análise da proposta, recusou o plano de entendimento apresentado pelos socialistas. A decisão foi avançada na última quarta-feira, através de comunicado enviado à Comunicação Social. 

Segundo a coligação, esta continuará “a defender nos órgãos próprios todos os vizelenses, nomeadamente, nas reuniões de Câmara, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia”. “Locais de eleição para levar a cabo o seu mandato, onde não deixaremos de apresentar as nossas propostas e defendê-las, de forma transparente, apoiando e contribuído, sempre, para o crescimento e desenvolvimento do nosso concelho”. Além disso, garante que “esta decisão não pode, nem deve ser encarada como um impedimento ao convívio democrático com as outras forças políticas, bem como com o próprio Executivo socialista”.

publicado por José Manuel Faria às 16:58

 António Costa

 

Era e sou contra a coligação nas reuniões mensais com o Partido Socialista. Quem nos últimos  anos, anos de fartura, não teve o condão de ter esta postura e agora, ano de miséria, está muito interessado nos "consensos alargado"...(...) - António Costa in Plano Claro.

 

 ps: Coligação "Vizela é para todos", PSD/CDS, ainda não respondeu à proposta do executivo, PS.

publicado por José Manuel Faria às 09:12

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Está um comentário no faceboock do Prof. José Man...
E todos gostariam de saber a parte que tocou à ACI...
Sinceramente acho que ninguém tem que duvidar do v...
“meio milhão de euros é quanto a Câmara Municipal ...
não era essa a ideia que tinha do primo mas devere...
Jornal de Vizela Como será possível que em Vizela ...
Do primo a que se referiu.
Também fiquei a olhar!!!!!!!!!!!!!O outro que ulti...
Fala do primo dele. o Arnaldo. "Capacidade, formaç...
"capacidade, formação e arrojo"? não sei que primo...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO