23
Mar 15
 

 

 

Quem diria que um partido/Movimento nascido do encontro de três organizações políticas em 1999 e, que atingiu o seu máximo eleitoral dez anos depois, 2009, com eleição de dezasseis deputados, daria origem (núcleos fundadores) a três novos partidos: MAS /fracção trotskista morenista; LIVRE/sociais-democratas de esquerda, pós/marxistas e Ag!r/PTP/centro/esquerda - dois deles apelidados de pró/PS, conotação errada e sectária - estes aparecem pela aversão do BE e do PCP ao poder, pois sabem que sozinhos caminham para a oposição abrindo novamente as portas de S. Bento à direita reaccionária ou ao PS (ala direita). O LIVRE/tempo de avançar e, provavelmente, o Ag!r têm como objectivo central afastar a direita do governo e, caso o PS vença, estarão abertos a encontros construtivos e de programa político de esquerda na defesa da escola pública, SNS,Constituição,renegociação da dívida e combate à política austeritária, (estúpida e contraproducente) emanada de Berlim.

publicado por José Manuel Faria às 09:09

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO