25
Jul 15

"O dirigente político (Dinis Costa) garantiu ter sido legitimado pela Comissão Política Concelhia do PS para “escolher o candidato”. “Mas para conseguirmos o 10º lugar teve de haver muito trabalho, foi uma semana difícil e esgotante. Os critérios foram rigorosos: o curricular, a lei da paridade e da renovação e ainda a dimensão e a notoriedade dos concelhos. Com Braga a aceitar o nosso candidato quer dizer que correspondemos a estes itens”, defendeu o líder do PS Vizela. Nesta altura, Dinis Costa afirma-se confiante com a vitória do PS nas próximas Legislativas, mas também com a eleição de Dinis Miguel Costa, dizendo que o pior resultado de que se lembra do PS em Braga, aconteceu há quatro anos e, nessa altura, a Distrital elegeu sete deputados. “Seria muito bom para Vizela ter um deputado para fazer a ponte entre o Governo e o poder local, nomeadamente, a Câmara Municipal, e também para as associações locais, existindo a possibilidade de criação de um gabinete de atendimento para ouvir as preocupações dos nossos cidadãos”, adiantou.

Mas a escolha do candidato Dinis Miguel Costa reúne unanimidade no seio da Concelhia do PS? O dirigente político respondeu: “Nunca nada reúne unanimidade, nem eu gosto de unanimidade, gosto é de transparência. Fui legitimado, por unanimidade, pela Comissão Política Concelhia para escolher o candidato e há sempre várias opiniões. Por estar no segundo mandato, eu não poderia ser candidato, mas se pudesse e quisesse, digo-lhe, com toda a certeza, que estaria no quarto lugar da lista. Tínhamos também a Dora Gaspar, o Victor Hugo ou o André que seriam capazes de integrar a lista mas, sou da opinião, de que têm os seus mandatos na vereação para cumprir até ao fim”.

rádio vizela"

PS: Dinis Miguel Costa está ao nível de João Soares ou de Sónia Fertuzinhos.

 PS2: (Dinis Costa) "Não causa mal-estar nenhum. João Soares também é filho de Mário Soares, Sónia Fertuzinhos é companheira de Vieira da Silva e há muitos outros casos"

publicado por José Manuel Faria às 11:31

 

publicado por José Manuel Faria às 11:23

Pedro Passos Coelho concorda (mais uma vez) com o Presidente da República”: “também acho muito importante que o próximo governo que saia das eleições possa ter maioria absoluta no Parlamento”, Passos defende um  governo da sua Coligação ou do PS, porque a establilidade política é crucial ao país.Quer dizer os 500 000 eleitores que determinam a maioria absoluta tanto devem votar na lista PSD/CDS como na do PS, apesar de, afirmar Passos, os “dois projetos de natureza política e económica serem muito diferentes”.

publicado por José Manuel Faria às 09:41

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
As termas são do espanhol, pá
Não achas que andas a dormir na forma pol...?O pov...
Bem, o homem pode ter defeitos mas que é muito ami...
pergunta pertinente: porque é que o espanhol não f...
Com este presidente, aliás o mesmo que esteve vári...
-Victor Hugo Salgado repetiu críticas sobre a polí...
Até a receber os tremoços tiram fotografias.Palavr...
Bonita a musica da rádio comercial,Esqueceram se f...
nao resolvem nada e andam a gozar com o povo. pol...
As termas fechadas e o executivo a mentir aos vize...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO