25
Set 15

Foi aprovada por unanimidade, esta quinta-feira, em sede de Reunião de Câmara, a proposta de atribuição de Apoios Financeiros ao Associativismo Desportivo do concelho de Vizela. Em relação ao ano anterior, verifica-se, segundo ao autarca Dinis Costa, uma redução global na ordem dos 9 mil euros.

 - Política municipal:

 1- Educativa( caso Instituto Silva Monteiro);

2 - Ambiental (Rio Vizela);

3- Social/económica (refugiados e desemprego);

4 - Cultural (actividades municipais);

5 - Urbanismo (habitação social, rendas);

6- Problemáticas sobre o IMI. etc...

publicado por José Manuel Faria às 08:32

24
Set 15

O facto de Marinho Pinto ser cabeça de lista em Coimbra e não em Lisboa dá a ideia ou certeza de não querer ser eleito: é muito mais fácil "colher" 22 000 votos em Lisboa ( elege 47) do que em Coimbra (elege 9). Lembrar o seu lugar de Eurodeputado que, parece não o querer largar.

publicado por José Manuel Faria às 11:28

 

publicado por José Manuel Faria às 10:00

"O PS já está a preparar com os parceiros sociais e os vários sectores de actividade o próximo Orçamento do Estado para 2016 e os primeiros 100 dias do Governo. Fonte oficial do partido confirmou ao Diário Económico que vários dirigentes e técnicos ligados ao gabinete de estudos do PS têm mantido ou vão manter reuniões com sindicatos, patrões e associações ligadas à Educação, Saúde, Segurança Social, entre outras áreas, ao longo destes dias que antecedem as eleições legislativas de 4 de Outubro."

PS

ps: E que não insistam no voto útil à esquerda. porque levam com o manguito. 

publicado por José Manuel Faria às 09:42

23
Set 15

 

publicado por José Manuel Faria às 22:57

"Apontar cinco em golos em apenas nove minutos só não é uma marca inimaginável à custa de Robert Lewandowski. Esta terça-feira, o internacional polaco desafiou todos os números e tornou-se no jogador mais rápido a atingir cinco golos num só jogo.

 

Com isso, e tendo como base as atuais seis principais Ligas da Europa – Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha, França e Portugal – o goleador do Bayern Munchen bateu um recorde que durava desde janeiro de 1943 e que pertencia a Gilberto, um avançado que representou o Belenenses entre 1939 e 1943 e que demorou somente 18 minutos a chegar aos cinco golos.

 

O feito aconteceu numa partida frente ao Vitória de Guimarães, referente à segunda jornada do campeonato nacional, que terminou com o triunfo dos azuis por 12x0. Só à sua conta, Gilberto apontou sete golos, mas demorou apenas 18 minutos a atingir os primeiros cinco golos. Um recorde que permaneceu até esta terça-feira e que apenas esteve perto de ser batido por László Kubala, ex-goleador do Barcelona.

Em fevereiro de 1952, o húngaro também faturou sete golos na goleada do Barcelona ao Sporting Gijón por 9x0 e precisou apenas de 19 minutos para apontar cinco golos."

Top 5 em Portugal  
 JogadorClubeÉpocaMinutos
1.ºGilbertoBelenenses42/4318
2.ºLourençoFC Porto44/4522
3.ºPeyroteoSporting41/4223
 ArmandoBelenenses44/4523
5.ºCorreia DiasFC Porto41/4231

 

http://www.zerozero.pt/news.php?id=161882

publicado por José Manuel Faria às 16:03

 

publicado por José Manuel Faria às 10:35

 

publicado por José Manuel Faria às 08:44

22
Set 15

 

publicado por José Manuel Faria às 18:27

Qual é a justificação para não termos Passos nem Portas nos outdoors, cartazes e afins da Coligação PSD/CDS?

http://expresso.sapo.pt/legislativas2015/2015-09-22-Coligacao-evita-outdoors-com-Passos-e-Portas-2

publicado por José Manuel Faria às 16:28

 


The Cure
Echo & the Bunnymen
Joy Division
Lene Lovich
New Order
Siouxsie and the Banshees
Talking Heads
Bauhaus
The Birthday Party
Cabaret Voltaire
The Cramps
The Creatures
Depeche Mode
The Mekons
The Psychedelic Furs
Violent Femmes
Nick Cave
The Chameleons UK
Nina Hagen
The Jesus and Mary Chain
The Lords of the New Church
New Model Army
Simple Minds

 

publicado por José Manuel Faria às 10:11

 

publicado por José Manuel Faria às 09:18

 

 

publicado por José Manuel Faria às 08:10

 

publicado por José Manuel Faria às 07:59

21
Set 15

 

publicado por José Manuel Faria às 12:01

 

FICHA TÉCNICA

"Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem S.A. para o Expresso e SIC, de 11 a 16 de setembro de 2015. Entrevistas telefónicas realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando lares com telefone da rede fixa. A amostra foi estratificada por região: Norte (20,5%); A.M. do Porto (13,9%); Centro (28,6%); A.M. de Lisboa (27,2%) e Sul (9,8%), num total de 1510 entrevistas validadas. Foram efetuadas 1867 tentativas de entrevistas e, destas, 357 (19,1%) não aceitaram colaborar no estudo. A escolha do lar foi aleatória nas listas telefónicas e entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo. Desta forma aleatória resultou, em termos de sexo: feminino — 51,5%, masculino — 48,5%, e, no que concerne à faixa etária, dos 18 aos 30 anos — 17,7%; dos 31 aos 59 — 50,5%; com 60 anos ou mais — 31,8%. O erro máximo da amostra é de 2,52%, para um grau de probabilidade de 95%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social."

Exemplo: Área Metropolitana do Porto: 1 200 000 votantes para 200 inquéritos............4 votos corresponde a 2%.....2 votos corresponde a 1%

Como é que se pode determinar o nº de mandatos no Porto quando 2 votos valem 1%.

 

 - A "sondagem" diária da RTP 1 baseia-se  na escolha de 350 eleitores.....3 votos valem 1%

publicado por José Manuel Faria às 07:53

20
Set 15

Sérgio Lavos 2

À medida que nos vamos aproximando das eleições, vai crescendo a pressão para o voto útil. É assim em todas as eleições, e é previsível que nestas seja bastante maior, tendo a conta a incerteza sobre o vencedor e a proximidade entre PS e Coligação PàF. Nos media, diariamente as fúteis discussões sobre o acessório tenderão a deixar de parte o essencial – as ideias e as propostas dos partidos.

A pressão para o voto útil é a segunda parte de uma estratégia dos media que deixa de fora da campanha os pequenos partidos, os que não têm representação parlamentar. Depois de duas eleições consecutivas (as Autárquicas e as Europeias) sem cobertura televisiva, as estações televisivas partiram para a negociação com os partidos numa posição de força e conseguiram quase tudo o que pretendiam, a começar pela liberdade editorial (inalienável) e a acabar, na prática, no fim da obrigatoriedade de mostrar a campanha de todos os partidos (a que, de resto, a Constituição obriga). O Livre/Tempo de Avançar viu o seu programa cidadão aprovado praticamente sem qualquer cobertura televisiva (a excepção foi uma curta peça que passou na SIC-Notícias). Como ninguém prometeu despir-se na convenção, não estavam lá câmaras para filmar o acontecimento.

Numa democracia parlamentar, cada deputado eleito vale por si. O poder legislativo emana dos deputados, não de outro órgão qualquer. Como tal, valerá tanto um deputado eleito por um partido pequeno como por um partido grande. Mais: na prática, como sabemos, um deputado eleito por um partido pequeno acaba por produzir mais do que muitos dos que se sentam nas últimas filas dos maiores partidos, os deputados que apenas estão lá para aprovar acriticamente Orçamentos de Estado e leis polémicas. A liberdade de voto, que deveria ser a essência de uma democracia parlamentar representativa, é na realidade inexistente, sobretudo nos partidos do centro (e no centralista PCP).

O voto útil (tal como ele é entendido na generalidade) acrescenta muitas vezes inutilidade e redundância. Se somarmos a este facto a distorção provocada pela existência de círculos e pelo método de Hondt (que na prática significa que um partido pequeno precise de muitos mais votos para eleger um deputado do que um partido grande), percebemos que votar útil enfraquece a representatividade eleitoral. Começa no acto inicial, o da escolha do voto – votar de forma negativa, apenas para que um partido não ganhe eleições, retira algum valor ao voto – e acaba no resultado final, quando olhamos para uma Assembleia da República repleta de deputados que estão ali apenas para servirem os seus interesses e os do partido, e não os dos cidadãos que os elegeram.

Fortalecer a democracia passará sempre pelo reforço do poder dos cidadãos. No Livre/Tempo de Avançar, não só os cidadãos puderam escolher os seus candidatos em directas, como puderam eles próprios concorrer. Do mesmo modo, o programa com que o movimento concorre a eleições teve a participação aberta a todos, tendo o texto final incorporado centenas de sugestões e emendas de cidadãos. O voto no Livre/Tempo de Avançar permitirá, pela primeira vez na democracia portuguesa, que um programa cidadão possa ter representação na Assembleia. O voto cidadão é, na verdade, o verdadeiro voto útil.

Sérgio Lavos

19/09/2015

http://www.facebook.com/sergio.lavos

http://twitter.com/sergiolavos

http://365forte.blogs.sapo.pt

sergio.lavos@gmail.com

publicado por José Manuel Faria às 10:45

Na campanha eleitoral (hoje até dia 2 de Outubro), os comentadores políticos; Marcelo, Marques Mendes, Vitorino, Santana, Jorge Coelho, Pacheco Pereira e Lobo Xavier deveriam fechar as"matracas"e não propagandear o apoio ao PS e ao PSD/CDS. Já  temos as duas listas, mais CDU e BE diariamente nas TVs nacionais. Quer dizer os do "costume" têm publicidade todo o ano mais esta oferta.

publicado por José Manuel Faria às 09:55

 

publicado por José Manuel Faria às 09:37

 

publicado por José Manuel Faria às 08:57

Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
António Costa protagoniza arruada este domingo em ...
e o carvalhinho tambem entra nas contas? Sempre no...
Um livro, critérios diferentes:O livro das bandas ...
Quem é esta Irene Costa?É Socialista? militante? h...
"Não deixei de ser quem fui, não vou alterar em na...
Comissão Administrativa da Concelhia do Partido So...
Os PS (grandes) só se lembram dos militantes para ...
Olha os socialistas interesseiros, quando dava jei...
Um milhão de euros!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...
Convém informar quais os funcionários que passam/r...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO