01
Fev 16

A EXPLICAÇÃO DE COSME MACHADO PARA O ERRO DE ALVALADE

publicado por José Manuel Faria às 08:30

No filme "Carol", adaptado do romance de Patricia Highsmith (1952), escrito sob um pseudônimo sobre um tema muito ousado para a época, Cate Blanchett interpreta o personagem de Carol Aird, uma mulher madura, sofisticada, mas frágil.

Ela é mãe de uma menina e prisioneira de seu casamento com Harge, um rico banqueiro (Kyle Chandler, o treinador Eric Taylor da série "Friday Night Lights"), de quem ela está se divorciando.

Rooney Mara ("Millennium: Os homens que não amavam as mulheres") interpreta Therese Belivet, uma jovem empregada de loja de brinquedos e aspirante a fotógrafa, que se quesdtiona sobre sua vida e sua relação com o namorado.

Entre Carol e Therese, o charme vai uma primeira troca intensa de olhares na loja onde Therese trabalha. A atração mútua, tensa e conservadora, vai se transformar num caso de amor, um reflexo de todos os obstáculos da sociedade do início dos anos 50 que minam um relacionamento homossexual.

 

publicado por José Manuel Faria às 08:13

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO