27
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 12:18

O Bloco lançou um cartaz - afixado ontem no Campo Pequeno -, assinalando uma mudança importante, a promulgação da lei que elimina a discriminação no direito a adotar. Essa mudança é um avanço na luta pelo respeito por todas as famílias, independentemente da orientação sexual de quem as compõe. Esse é o único cartaz que o Bloco imprimiu e que afixará publicamente.

 Na mesma ocasião, foi colocada nas redes sociais uma imagem sob a frase "Jesus também tinha 2 pais". Não se trata de um cartaz, mas da forma de, nas redes sociais, com recurso ao humor, chamar a atenção para a conquista da igualdade entre todas as famílias. A frase, de resto, não é da autoria do Bloco, sendo um velho slogan do movimento internacional pela igualdade de direitos, como atestam os exemplos em anexo [em inglês e francês].

O Bloco de Esquerda respeita todas as convicções religiosas. Com esta iniciativa, pretendeu contribuir, como sempre fez, para, sem tabus, provocar o debate e, neste contexto, assinalar mais um avanço no respeito pela dignidade das pessoas e por todas as famílias. Estamos certos de encontrar, entre crentes e não crentes, uma grande maioria que partilha connosco esta motivação".

publicado por José Manuel Faria às 12:08

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
Candidatura - valor 1.843,085.57 Eur, Valor da obr...
Alguém com lucidez, que vai ao encontro de muitos ...
Hoje vão iniciar as obras na Praça e no Jardim, es...
Mais informa a CMV que a manter-se esta situação i...
Este Sérgio Coelho diz as coisas na mouche, muito ...
Retrato do Município de Vizela pela PORDATA 19 de...
No país, tal como aqui no concelho, o interesse p...
E ainda dizem que em Portugal há liberdade de expr...
Esse pseudo conflito judicial angolano apenas nos ...
Aliás a sua chegada ao Poder demonstra o quão cons...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO