29
Dez 18

publicado por José Manuel Faria às 12:25

publicado por José Manuel Faria às 12:22

João Galamba diz que tem “ambições políticas modestas”. Na primeira entrevista desde que é secretário de Estado da Energia, João Galamba diz, ao Expresso (acesso condicionado), que acredita que a independência da regulação está garantida. No entanto, admite que a atuação da ERSE deve continuar a subordinar-se ao quadro legal determinado pelo Parlamento e pelo Governo.

“Não se faz uma transição energética desta magnitude de costas voltadas ou em conflito permanente com o setor. As entidades têm os seus próprios interesses e a obrigação do Governo é governar de acordo com o interesse público”, diz o secretário de Estado

JGalamba

publicado por José Manuel Faria às 11:32

Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
VHS só uma pergunta simples,Quantos funcionários s...
Quim Barreiros e Expensive Soul nos festejos do 19...
Victor Hugo Salgado oficializa recandidatura em ma...
Se para festejar o dia do concelho são precisos ta...
AG até se entende que ao falares no passado não f...
Cada vez que leio o RV nem sei que diga em sei que...
283.000 pensionistas têm penções miseráveis, isso ...
São os memos argumentos da Opus Dei....
"Victor Hugo Salgado respondeu, mas antes voltou a...
Quantos quer? 1,3,5,6,7, quer com nomes começa no ...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO