18
Dez 13

 

As actuais reuniões de Câmara Municipal têm um suplemento de imprevisibilidade e aumento de curiosidade no acompanhamento das intervenções e respectivas votações por parte do Vereador, Miguel Lopes (ex:PSD) e, não menos interessante será observar o posicionamento do Vereador, Carlos Faria (independente, ex: PS) integrado na lista de oposição a convite de Miguel Lopes. Ambos têm mudado de “bancada” várias vezes: postura, A – ML e CF -, adversários (2005/2009 e 2009/até parte de 2013), postura B, da mesma equipa (parte de 2013) e postura C, novamente adversários (2 meses após o início do mandato, 2013/2017). Estes ziguezagues mancham a credibilidade de certos políticos e a política no seu todo levando ao crescimento da abstenção, dos votos brancos e nulos como se registou nas últimas municipais/2013. Outra situação política curiosa é a inexistência de vereadores do PSD em município com três mandatos de uma lista de Coligação PSD/CDS. De certeza caso único entre as 308 autarquias do país. 

publicado por José Manuel Faria às 09:11

5 comentários:
Ele desfiliar-se do PSD? Só se dispusesse de alguma réstia de vergonha.
Anónimo a 19 de Dezembro de 2013 às 23:48

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO