28
Dez 13

 

Abril de 2009. No Índico, a 500 quilómetros da Costa da Somália, um porta-contentores norte-americano de 17 mil toneladas - o "Maersk Alabama" - é atacado por piratas somali. O capitão Richard Phillips (Tom Hanks), um homem com mais de três décadas de experiência no mar, percebe a gravidade da situação e aceita ser feito refém em troca da liberdade da sua tripulação. Os cinco dias que se seguem, a bordo de um pequeno bote salva-vidas com o jovem chefe somali Abde Wale Abdul Kadhir Muse (Barkhad Abdi), são de pura tensão. Finalmente, numa operação organizada por uma equipa SEAL (corpo de operações especiais da Marinha norte-americana), que resulta na morte de três piratas e na detenção de Muse, é resgatado com vida.

 

Muita acção, procura de realismo e personagens com corpo (também os piratas).

publicado por José Manuel Faria às 09:48

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
Aqui só posso estar do lado de Dinis Costa, dá 20 ...
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Diga lá:É ou ...
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Só com os trê...
Pior que ser cego, é ter olhos e não querer ver.Co...
Tem razão o Srº Presidente ao dizer que não precis...
ANÓNIMO A 7 DE JULHO DE 2020 ÀS 18:48Pode sempre p...
Vizela continua a dever muitos milhões.Quando Dini...
O autarca fala de uma Casa da Cultura “muito sonh...
Mais informamos que a partir das 23h está proibida...
Em outubro de 2017, após as eleições autárquicas,...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO