02
Nov 06

O presidente do Partido da Nova Democracia (PND), Manuel Monteiro, afirmou encarar «com serenidade» a proposta de dissolução do partido que deverá ser apresentada no próximo congresso do partido.

Em declarações reproduzidas na edição desta quinta-feira do jornal Correio da Manhã, Manuel Monteiro manifestou-se contra esta hipótese, considerando que «o que existe é uma direita envergonhada e a ideia de dissolução só contribuirá para manter o centralismo dominante.

 

Será que o amigo de Vizela voltará ao CDS?

publicado por José Manuel Faria às 20:57

comentário:
o paulo portas não deixa.
Manuela a 2 de Novembro de 2006 às 22:15

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Bem a pensar assim a Praça, (Lameira)deveria ainda...
Os únicos preocupados são:O Eugénio e a Dora, o Eu...
Há por aqui comentários de pessoas a soldo dos que...
de Março Essa alternativa (nunca chegou a ser pro...
A qual eng ) Ao Porta Chaves
Este artista tem a voz do dono. E nasceu na Praça ...
É só olhar para a fotografia deste" poeta" que se ...
Hotel sul americano, já teve só dois andares, Casi...
Depois de ler este artigo, fiquei a perceber que n...
Parece que não re4spondeu ao que lhe perguntaram. ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO