12
Jun 08

Está na hora dos reformados, pensionistas e trabalhadores de salário mínimo cortarem as estradas, os portos e os aeroportos darem o seu próprio corpo ao manifesto. Claro, logo a seguir ao Europeu de futebol. Cercar o País com 3 milhões de portugueses e exigir melhores salários, diminuir os anos da reforma e dar condições dignas a quem está a envelhecer.

 

Em 2009 há eleições e o Governo de certeza cede à luta.

publicado por José Manuel Faria às 10:39

4 comentários:
Não estará o pobre português estar a fazer de coitadinho? Hum...
Então no dia em que se corre e há filas intermináveis de trânsito para encher o depósito é o mesmo dia que dezenas vão para as rotundas buzinar e andar em cima dos carros? Hum...
Márcio a 12 de Junho de 2008 às 14:59

Márcio... não é uma questão de coitadinhos. No final do ano passado enchia o depósito do meu carro com menos de 50,00€. Da última vez (Terça-feira ao final da tarde) passou de 60,00€. Isto pesa no orçamento. Agora vê: eu não tenho filhos, não pago renda nem tenho que pagar empréstimos ao banco (para já). Mas há quem ganhe menos do que eu, tenha filhos e pague renda de casa ou empréstimo... Sinceramente faz-me confusão... O salário mínimo nacional são 426,00€, pensões é melhor nem falar.

Todos berramos, mas quem vem para a rua fazer barulho e exigir, é quem o pode fazer. Os outros os do salário mínimo precisam de trabalhar e não podem arriscar greves.

O professor Faria tem razão, se um dia destes quem realmente deve fazer greve a faz... este país pára e vai de vez à falência.

A propósito um dia destes vi um anúncio de um carro que em França custa 17.000 Eur e em Portugal paga-se para cima de 30.000 Eur pelo mesmo modelo... Somos Ricos
Jorge Miranda a 12 de Junho de 2008 às 21:25

os pobres n podem fazer greve.
Anónimo a 12 de Junho de 2008 às 22:20

Porque não fechamos todo o comércio durante uma semana e vamos de férias ? ? ?
comerciante abastado a 12 de Junho de 2008 às 23:35

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10





comentários recentes
E o irónico não é ficarmos com mais uma prova de q...
No jornal de Vizela pode ler-se a opinião de Fátim...
Sinceramente não sei como as pessoas perdem tempo ...
Não detestes, atrás de mim virá, quem bom de mim f...
Das duas três: este Eugénio está armado em ser pro...
Caro senhor professorPode dizer-me que sigla é aqu...
À medida do defunto, como disse o outro.
Uma proposta à medido do jic
Agora são os chineses, antes eram os angolanos.. C
E o Sócrates atirou sobre a Câncio. O que ela prec...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO