24
Set 08

http://novomundo3.files.wordpress.com/2008/04/rsf-jo-pequim.jpg

Mas enquanto os olhares estavam fixados no espectáculo de Pequim, um pouco mais a norte, em Shijazhuang, as autoridades locais chinesas escondiam de todos o escândalo do leite contaminado, que iria deixar, um mês mais tarde, o planeta em alerta.

 

Havia os que defendiam os jogos Olímpicos de Pequim porque obrigaria, diziam, a mudanças positivas no regime, pois este estaria sobre controle internacional, e os que condenavam a realização por se tratar de um acto de propaganda de uma ditadura que assim tentava limpar os seus "podres": falta de liberdade politica, de reunião, de associação sindical uma mistura de regime "comunista" com o pior do capitalismo selvagem. Eu defendia a segunda posição. A China sem mudanças radicais sociais, económicas e políticas ( a vergonha do caso Tibete) não merecia a importância de uns Jogos Olímpicos, a maioria apoiava a primeira, também com o argumento da não mistura entre política e desporto.

 

O Desporto é demasiadamente importante para ser deixado só aos desportistas.

 


 

publicado por José Manuel Faria às 10:29

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
Bem a pensar assim a Praça, (Lameira)deveria ainda...
Os únicos preocupados são:O Eugénio e a Dora, o Eu...
Há por aqui comentários de pessoas a soldo dos que...
de Março Essa alternativa (nunca chegou a ser pro...
A qual eng ) Ao Porta Chaves
Este artista tem a voz do dono. E nasceu na Praça ...
É só olhar para a fotografia deste" poeta" que se ...
Hotel sul americano, já teve só dois andares, Casi...
Depois de ler este artigo, fiquei a perceber que n...
Parece que não re4spondeu ao que lhe perguntaram. ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO