09
Nov 08

http://cache01.stormap.sapo.pt/fotostore02/fotos//de/70/0b/2493435_mzjuN.jpeg

(Clicar para aumentar)

 

As declarações de Manuel  Monteiro feitas a Fátima Anjos da Rádio Vizela sobre o comportamento do Presidente de Câmara são lamentáveis e arrogantes. Este político por se julgar importante queria ultrapassar o regulamento interno da Assembleia Municipal.

MM poderia fazer por escrito as perguntas como qualquer cidadão.

Queria intervir depois do encerramento da sessão. É claro que João Cocharra não tem poderes para lhe dar a palavra ( por isso ele é um senhor!), deixa de ser Presidente de Mesa, depois do fim da reunião.

Todos os partidos políticos sabem que o auditório dos Bombeiros não é utilizado para política partidária.

Os factos são tão simples de interpretar.

Manuel Monteiro queria num órgão eleito quebrar regras estabelecidas no sentido de aproveitar a oportunidade.

MM interviu em Braga, porque o regulamento dava para tal. MM tentou  passar um atestado de menoridade aos Vizelenses. Enganou-se na porta.

 

publicado por José Manuel Faria às 19:16

comentário:
intocáveis.
julio a 10 de Novembro de 2008 às 18:14

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Bem a pensar assim a Praça, (Lameira)deveria ainda...
Os únicos preocupados são:O Eugénio e a Dora, o Eu...
Há por aqui comentários de pessoas a soldo dos que...
de Março Essa alternativa (nunca chegou a ser pro...
A qual eng ) Ao Porta Chaves
Este artista tem a voz do dono. E nasceu na Praça ...
É só olhar para a fotografia deste" poeta" que se ...
Hotel sul americano, já teve só dois andares, Casi...
Depois de ler este artigo, fiquei a perceber que n...
Parece que não re4spondeu ao que lhe perguntaram. ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO