21
Abr 09


Manuela Moura Guedes vai processar José Sócrates e faz muito bem.


A 4 dias do 35º aniversário da Revolução de Abril. O PM quer novamente a mordaça!


Se um dia perguntarem qual a % de audiências do Jornal nacional da TVI. MMG, responde " É só ir ao site"

publicado por José Manuel Faria às 23:35

5 comentários:
O que é que o Sócrates disse?
Ana Bárbara Pedrosa a 22 de Abril de 2009 às 10:10

"Aquilo não é um telejornal, é uma caça ao homem", é "um telejornal travestido", feito de "ódio e de perseguição", disse, queixando-se ainda da ausência de críticas entre os jornalistas ao tipo de jornalismo praticado por Manuela Moura Guedes.

O TElejonal da TVI é o mais visto.
José Manuel Faria a 22 de Abril de 2009 às 10:19

pelo espectáculo, não pela veracidade
Anónimo a 22 de Abril de 2009 às 12:56

É tudo mentira. Por isso o Marcelino elogiado ontem PM. Iniciou uma investigação! Só agora


O Diário de Notícias, entronizado na figura do seu director no único elogio pessoal que o Primeiro-ministro fez na sua entrevista, responde em espécie:
Três temas dominaram a entrevista a José Sócrates, ontem, na RTP. As "supostas" trocas de palavras com Cavaco Silva, o anúncio de umas mudanças no subsídio social de desemprego e o caso Freeport. Este último foi obviamente o tema mais importante. Supõe-se, até, que esta entrevista toda tenha tido esse objectivo. Sócrates falou depois de um longo silêncio numa prestação pessoal que o favoreceu.

Perante as perguntas que se baseavam - como aliás todas as notícias até aqui - em deduções, o primeiro-ministro mostrou-se indignado. Aos olhos com que ele quer que o público o veja, correctamente indignado. Declarou-se vítima de uma campanha pessoal que tentou explicar e, mostrando uma face humana que até há pouco lhe era estranha, disse sentir-se no "meio de um processo kafkiano". Esta sua declaração é muito pessoal, mas terá repercussões políticas. Mais: como a maior parte dos partidos que reagiram à entrevista o fizeram do ponto de vista formal das questões político-económicas, fica-se com a sensação de que aquela parte, a parte do Freeport, funciona directamente entre Sócrates e o eleitorado.

O maior desperdício terão sido os dez minutos passados a discutir se os recados de Cavaco eram para Sócrates e vice-versa. Dez minutos passados no domínio da psicologia - com ligações à realidade através de auto-estradas e TGV. E Sócrates aproveitou a insistência dos entrevistadores para brilhar, e mandar mais recados para Belém: o mais importante, para dizer que espera que o Presidente não faça o jogo da oposição. Veremos se a estratégia - utilíssima (?) para os interesses nacionais - continua no próximo sábado, quando Cavaco Silva falar nas cerimónias do 25 de Abril.
Os amigos são os mesmos, os adversários são os mesmos (o ponto de interrogação em "utilíssima" é notável) e o caminho é o mesmo.

José Pacheco Pereira no Abrupto: http://www.abrupto.blogspot.com/
José Manuel Faria a 22 de Abril de 2009 às 14:05

Se já tinha um certo apeço por esta mulher, agora tenho muito mais!
É de pessoas sem medo que precisamos, só com gente assim, influente, ( Comunicação social= 4ºPoder) é que vamos conseguindo saber o que se passa neste País.
Acebem com a corrupção já!!!
Continuem.. a investigação jornalística é fundamental num Estao de direito democrático!
Bem Haja TVI.
Bem Haja Manuela Moura Guedes!
Nostradamus a 23 de Abril de 2009 às 23:40

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Parece que não agradou o comentário...
Ufa...Ufa... professorEstava ficar desesperadoNão ...
Quem me dera ser funcionário público!
Coitados dos funcionários públicos (em geral) foss...
O que faz na foto , o dirigente do partido da dire...
o executivo deve mandar ás malvas os P.SS.Estão pr...
Está bem, não foi a Câmara, mas foi a Junta, que v...
Cá para mim, esta foi uma manobra de diversão para...
E o irónico não é ficarmos com mais uma prova de q...
No jornal de Vizela pode ler-se a opinião de Fátim...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO