22
Abr 09

 O PCP propõe: Guilherme da Fonseca para Provedor de Justiça 


É um erro a apresentação de vários nomes a Provedor de Justiça. O PCP e o BE deveriam ter feito  um acordo à volta de Jorge Miranda um homem sério e com enormes qualidades.

 

Provedor: PSD exclui apoio a Jorge Miranda e considera Guilherme da Fonseca "altamente credível"

 

PSD com o PCP?

publicado por José Manuel Faria às 17:13

9 comentários:
Caro Faria
Acha que o PCP é um partido sem memória? Sabe bem você que o Dr Jorge Miranda apoiou ( sabemos todos o peso deste contitucionalista) a nova Lei dos Partidos no tempo do Dr. Jorge Sampaio precisamente para criar dificuldades ao PCP. E depois um acordo com o BE porquê? Acha o PCP um partido de estúpidos? Você é mais uma folha seca que se juntou ao Bloco em nome da renovação do PCP. Já agora os seus camaradas renovadores( lembra-se ?) queriam uma cedencia ao PS. E agora o que dirão deste PS? Afinal quem tinha razão? A direcção do PCP na altura ou os ditos renovadores?
joaquim machado a 22 de Abril de 2009 às 23:04

http :/ www.pcp.pt /index.php?option=com_content&task=view&id=33685&Itemid=803

Caro amigo, agora percebemos o interesse neste Juíz. Eu soube, depois de uma simples pesquisa na net.

Então o Jorge Miranda é mau por causa da lei dos partidos!

Eu pensava que o Provedor serviria para apoiar os cidadãos portugueses, e não a pensar no voto secreto para a eleição do Comité Central de lista única.

Bora lá, o homem é anti-comunista!!!

Eu apoiava a discussão de uma lista de esquerda em Lisboa, caso tudo estivesse em aberto: programa, candidatos a vereadores e presidente de Câmara. Não estou com a direcção da Renovação Comunista,sim porque nem todos da RC estão com o Paulo Fidalgo e Cipriano Justo.
Se o BE apresentar o seu Provedor também erra.

No BE há pensamentos públicos diferentes;
Na RC há pensamentos públicos diferentes;
No PS há pensamentos públicos diferentes;
No PCP há pensamentos públicos diferentes somente para José Saramago e Urbano Tavares Rodrigues.

Depois há as folhas secas! Ainda se usa essa expressão ( 89/91) !
José Manuel Faria a 22 de Abril de 2009 às 23:30

QUAL SERÁ A QUESTÃO?

O BE VAI APOIAR O JORGE MIRANDA PORQUE LHE RECONHECE MÉRITO , OU PORQUE PRECISA DE PAGAR O FRETE E VISIBILIDADE QUE O PS LHE DEU AO APROVAR A LEI DO LEVANTAMENTO DO SIGILO BANCÁRIO APROVADA ESTES DIAS!? QUE TEM ALCANCE E MÉRITO DUVIDOSO... SERÁ ESTE O PREÇO DA APROVAÇÃO DESSA LEI, FOI ESSE O PREÇO ACORDADO!!??

O ZÉ MANEL SABE BEM, OU JÁ DEVIA SABER QUE A LEI DOS PARTIDOS É MUITO MAIS DO QUE A VOTAÇÃO SECRETA PARA O COMITÉ CENTRAL, E TRAZ ATRELADA A SI A LEI DE FINANCIAMENTO DOS PARTIDOS POLÍTICOS !! NÃO SE ESQUECA!
MAS MESMO QUE SÓ FOSSE ISSO DAS VOTAÇÕES DE BRAÇO NO AR, VOLTO A PERGUNTAR:
QUAL É O VOSSO PROBLEMA?
NINGUEM VOS OBRIGA A ADOPTAR ESSE MÉTODO DE VOTAÇÃO, PORQUE É QUE SE JULGAM NO DIREITO DE OBRIGAR OS OUTROS A ADOPTAREM OS VOSSOS METODOS?

E JÁ AGORA A QUEM SERVE TER PARTIDOS TODOS IGUAIS? QUAL A UTILIDADE DISSO?
Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 12:59

esta novela é culpa, não exclusiva , mas maioritariamente do PS, o PS pode apresentar candidatos sem falar com ninguém , e os outros partidos têm que abanar com as orelhas...
tenha paciência ó zé manel!
se o BE entende que deve apoiar o Jorge Miranda por convicção ou interesse, a mim pouco me importa, é uma decisão vossa, mas não se julgue no direito de estar sempre a dizer aos outros o que devem fazer!
o Jorge Miranda pode, e é seguramente uma figura respeitável , mas não é o único com toda a certeza.
chega de palhaçada , o PS se fossem sérios , tinham primeiro proposto esse nome aos outros partidos para buscar o consenso, e só depois o anunciava, e não aquilo que fez!
Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 14:05

O bloco Vienneta

Miguel Esteves Cardoso no Publico de 2009-04-22

É um dó ver o Bloco de Esquerda a derivar para a direita. Qualquer dia concordo completamente com ele. Juro que já não me espantaria ler que se tinham tornado monárquicos.É um dó ver o Bloco de Esquerda a derivar para a direita. Qualquer dia concordo completamente com ele. Juro que já não me espantaria ler que se tinham tornado monárquicos.
Nada me daria mais prazer, claro. (Welcome aboard, old fruits!) O pior seria a gentalha que ocuparia a vaga deixada por eles: é que nunca se sabe. Mais vale os gajos porreiros do BE que conhecemos do que marxistas sanguinários que vão enforcar os nossos avós.
O cabeçalho de ontem do PÚBLICO arranca-nos do chão e atira-nos para um universo paralelo mas torto: “Proposta do BE aprovada pelo PS vai beneficiar empresas.” É que a proposta de lei sobre sigilo bancário do BE permite, sem dizer água-vai, vasculhar as contas dos indivíduos (nós), mas reforça o recato das contas das empresas (aqueles gajos).
O que é desconcertante não é a devassa do sigilo bancário - se eles pudessem, transformavam todas as nossas contas em blogues que pudessem consultar quando quisessem -, mas a distinção entre indivíduos e empresas.
Será porque, na inocência deles, querem proteger as empresas porque elas são entidades “colectivas” e têm “trabalhadores”, que são coisas boas? Ao passo que um indivíduo é, por natureza, egoísta e açambarcador, podendo proteger-se sozinho sem ajuda da lei?
Ai, a confusão que anda por aquelas cabecinhas zonzas. Mas qual é a parte da crítica marxista do capitalismo que o Bloco de Esquerda já não percebe? Ó sorte, que estou a ver que tenho de me inscrever no BE.


Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 15:08

O Bloco avança com o nome de Mário Brochado Coelho para provedor de Justiça.

Uma óptima escolha.
a.pacheco a 23 de Abril de 2009 às 15:44

" No BE há pensamentos públicos diferentes ": Não se está a referir a Jose Sá Fernandes, pois não ? Foi SANEADO pura e simplesmente. E a Joana Amaral Dias não foi afastada por apoiar Mário Soares? Está a querer enganar quem? E já agora, porque é que o PCP é um partido tão antidemocrático porque é que o senhor andou lá tantos anos? O senhor é um ressabiado. Olhe, estou no PCP há desde os meus 18 anos ( tenho 45 anos) e não me tenho sentido mal. Mesmo de braço no ar sinto que há democracia. Já defendi posições no PCP em minoria e não me senti mal. Qual o problema?
joaquim machado a 23 de Abril de 2009 às 18:22

Que confusão Joaquim!

Sá Fernandes não era do BE.

A Joana não foi convidada por nenhuma lista candidata à Mesa Nacional em 2009. A razão pública foi de pouco empenho no partido. Poderia ter apresentado uma moção alternativa e caso fosse a nº1 seria eleita, certamente.

As eleições presidenciais foram em 2006. A Joana foi eleita em 2007 para a Mesa veja lá!


José Manuel Faria a 23 de Abril de 2009 às 18:37

Luisa Mesquita, Manuel Coelho de Sines, o Presidente da Câmara da Marinha Grande, esses sim foram saneados, é assim que o PCP trata as divergências, e a leitura das declarações do Presidente da Câmara de Sines são elucidativas dos métodos, e dos tachos que se arranjam no PCP.

José Sá Fernandes, pessoa por quem nutro respeito, dedicou anos da sua vida a causas da sua cidade , Lisboa.

Foi isso que levou o BE a apoia-lo por duas vezes, apesar de independente, e também por isso José Sá Fernandes teve sempre total autonomia.

Só que neste segundo mandato ao assumir funções de vereador dos espaços verdes, e posteriormente de outros sectores, Sá Fernandes, esqueceu-se que uma das forças que o apoiava era o BE , e que havia um programa que tinha sido sufragado pelo eleitorado.

Ao tomar posições e defender medidas que iam contra esse programa, o BE entendeu que politicamente não poderia continuar a dar-lhe o seu apoio.

Houve uma votação democratica na concelhia de Lisboa, e maioritariamente decidiram que Sá Fernandes com as posições que estava assumir, não podia continuar a ter a confiança do BE .

Como independente continuou como vereador e bem, mas não houve nenhum saneamento, pois ele nunca foi militante do BE ,

Joana Amaral Dias apoiou Mário Soares, apesar de ser uma dirigente de topo do Bloco e o partido ter a sua candidatura que era Louçã, no entanto na convenção a seguir ás eleições , Joana Amaral Dias CONTINUOU A FAZER PARTE DA DIRECÇÃO.

Na recente convenção alguns militantes entraram para os orgãos dirigentes, e outros sairam , não foi só Joana Amaral Dias que deixou de fazer parte da direcção.

Mas a melhor prova que Joana Amaral Dias é do BE , é ler o Blogue Bichos Carpinteiros, ou ler as suas palavras a seguir á ultima convenção.

O Bloco continua a ser a minha casa, é neste projecto que eu me revejo, e não estou no Bloco pelos cargos.

Como há total liberdade de critica, e ninguem é saneado por divergir, é de todo ridiculo comparar o BE com o PCP, onde não existe qualquer liberdade de opinião e onde qualquer divergência tem como resultado a EXPULSÃO
a.pacheco a 23 de Abril de 2009 às 19:18

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Tu queres ver que foi o governo que incendiou os m...
-essa cambada de invejosos machistas-De certeza qu...
Nota se,vai uma de 120 mil e outra de 20 mil vamos...
QUE SE PASSOU, PORRA
Dora Gaspar tem de ser mesmo muito competente para...
será que, á semelhança do parlamento, temos falsas...
está toda a gente com medo
Diz a Dora, quero o melhor para a minha cidade, tu...
Esse realmente está em todas, não dá muito para co...
venham daí as "declarações bombásticas"
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO