04
Mai 09

 

 

Nesta sondagem todos os partidos têm que contar: a subida do PSD, a queda vertiginosa do CDS o fraco desgaste do PS, a subida do BE e diminuição preocupante da CDU.

De todos os dados, o mais espectacular é a manutenção do PS acima dos 40%, isto é, ainda com probabilidade de vencer com maioria absoluta. Este resultado só tem uma explicação; Sócrates é o pior candidato a primeiro – ministro à excepção de todos os outros. O eleitor que procura estabilidade política na tentativa que se crie uma entourage no governo, na economia e nas finanças, essencialmente a denominada classe média, vota PS, é a mais interessada na superação da crise, não arrisca Ferreira Leite (sabe que perde), nem nos extremos, (sabe que é voto de protesto). Os problemas económicos e sociais em grande parte fruto das más políticas “socialistas” não abalam esta convicção.

O PSD tende a crescer à custa do CDS, a perda do eleitorado de esquerda do PS para o Bloco é compensada pelo voto centro-direita no PS.

A alternativa a este governo poderia estar numa frente ampla pré-eleitoral de Esquerda: Alegre e sectores da esquerda do PS, PCP, RC e  Bloco de Esquerda. Esta Frente Popular tinha de se assumir como 3ª via para governar o País. Apresentação de um programa mínimo conciliatório entre as três áreas políticas, onde a Economia, Finanças, Saúde, Justiça  e  Educação seriam prioritárias. Apresentação de um nome a Primeiro -  Ministro, consensual das Esquerdas que até poderia  ser do PS, não ligado directamente às políticas de Sócrates. O PCP e o BE recuariam em algumas matérias fracturantes, colocando os interesses do País, (derrotar Sócrates e o seu neoliberalismo) à frente dos seus projectos próprios,  acantonados nas suas trincheiras e,  disparando entre si com o inimigo a bater palmas!

É hora de terminar, com o meu partido é mais socialista que o teu, ou nós somos menos sectários que vocês.

E terminar com conclusões deste tipo:

 ”Reverso da medalha: diminuiu o número de inquiridos que encara o partido como alternativa credível de Governo. Conclusão lógica: o BE funciona bem… desde que se mantenha na Oposição”. Nada nos diz que estes inquirido são eleitores do BE.

Esquerda do PS 15%, BE 12% , CDU 10%, independentes pela unidade 2%.

E o PS perderia as eleições.

Eu sei que a soma em Política pode dar lugar a subtracções, mesmo assim valeria a pena tentar, ou temos Sócrates por mais 4 anos. 

 

publicado por José Manuel Faria às 10:59

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO