07
Mai 09

 

A  Entrevista à CDU:

 

 RVJ – Já afirmou que é sua intenção continuar a debater, na AMV, os problemas da população. Contudo, enquanto deputado, tem-se remetido já há algum tempo ao silêncio. Porquê, perguntará o eleitorado?

AM – Qualquer ideia que apareça na AMV para contrapor as questões que estão em discussão é, única e simplesmente, colocada para o lado.

 

AV – Isso chama-se arrogância política e prepotência.

AM – As ideias [da oposição] são rejeitadas ou alvo de risota.

 

RVJ – É por isso que não tem feito uso do tempo que na AMV lhe está destinado?

AM – Obviamente. Não me quero sentir como um “anfitrião de teatro”. Para ser alvo de risota, é melhor remeter-me ao silêncio, porque se calhar no silêncio, acabo por dizer mais.

publicado por José Manuel Faria às 11:35

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






comentários recentes
Existem pessoas que dizem mal só por prazer, só po...
Mas desde quando alguém tem medo da Dora?A Dora de...
Por falar em ambiente:- Quantas casas de banho ins...
Nunca em lado algum está tudo realizado. A Dora qu...
Foi esta Dora Gaspar, presidente deste P.S. moribu...
""E município que não investe, nem atrai investime...
Afinal, este sr. ainda não quer parecer politica...
Claro que não, coitados dos PS, se começassem com ...
ProfessorPonha lá o comentário que fiz. Não tenha ...
O PS Vizela não comenta a prenda de 80 mil euros d...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO