27
Mai 09

 

A violência doméstica sobre as mulheres perpetrada por companheiros, filhos, maridos, amantes ou outros familiares, é das realidades sociais mais cobardes, asquerosas e nada lamentáveis ( imperdoáveis)  desta sociedade de início de século XXI.

Quando se afirma que este momento social é o mais avançado: na tecnologia, nos costumes, no respeito, na civilidade ou no cosmopolitismo. Fica-se espantado com estes comportamentos assassinos, e dificilmente, explicáveis, mesmo ao abrigo dos desvios psicóticos de foro psiquiátrico. O Ser Humano parece continuar na Idade da Pedra intelectual. O ódio, a vingança, a traição domina uma grande parte da humanidade. Esta imensa malta se soubesse o quanto é bom, viver, viver com saúde, nunca enveredariam por atitudes instintivas, premeditadas, e primitivas, piores que animais encurralados em cativeiro forçado.  

 

publicado por José Manuel Faria às 10:09

2 comentários:
Sobre as mulheres, e homens, que também existe, só que aí a vergonha ainda é maior, impedindo a denúncia para não ser alvo de chacota.
António de Almeida a 27 de Maio de 2009 às 22:07

.
No passado, as mulheres sofriam caladas a ira dos maridos porque a noção de casamento estava implicitamente ligada a uma submissão da mulher perante o marido quase com contornos Sado-Masoquistas ( o homem como o dominador, a mulher como submissa), quer na vertente físicas( maus tratos) quer na vertente psiquica (abuso psicológico), cujas consequências emocionais catastróficas se repercutem em comportamentos desajustados na família.
É pois profundamente lamentável que no século XXI ainda se fale de violência doméstica e mais ainda que as vítimas destes tiranos se mantenham nesta situação e, muitas vezes sem querer sair dela, dado o medo que se foi perpectuando ao longo do tempo, e de cujo labirinto se torna cada vez mais dificil a saída, sem uma ajuda especializada.


Cleopatra a 28 de Maio de 2009 às 19:29

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






comentários recentes
Vizelenses já conhecem o Tino de Vizela no Faceboo...
Bastava ter lido o artigo que a deputada Joana Mor...
Já ouvi dizer que houve discordia em alguma coisa....
Isto será normal? tantas apresentações?Qualquer co...
Á raia com o meireles? Tanta cadeira carregou e ag...
Não saímos do PAEL, estamos a pagar empréstimos ba...
acrescenta o MVS, referindo ainda que “esta posiçã...
Entregue de Cheque Bebé:Alguém pode explicar o que...
Ó Abrunhosa da outra vez não fizeste nada disto.Se...
Pedro Abrunhosa com a Banda da Sociedade Filarmón...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

14 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO