14
Jun 09

"Um recente estudo lançado no quadro da União Europeia, e apresentado nas conclusões desta conferência, dá-nos conta de que os bancos que têm equipas mistas estão a funcionar melhor que aqueles que só têm equipas constituídas por homens. A crise financeira está a demonstrar que a participação das mulheres na vida económica, ao nível da tomada de decisão, é uma boa opção, não só para prevenir a crise, como também para procurar soluções mais diversas e inovadoras para a combater. 

A crise financeira é uma crise do modelo de dominação dominante, é uma crise de valores. E é este caminho errado que temos que mudar se houver vontade política e coragem para nos interrogarmos sobre o facto de, apesar de as mulheres constituírem mais de metade da população da União Europeia, não terem a mesma ou idêntica representatividade nos processos de tomada de decisão. A escassa presença das mulheres nos altos cargos da administração pública e das empresas, bem como na política, constitui um défice sério para a democracia, que a actual Lei da Paridade, no caso da política, vai parcialmente combater. A presença das mulheres desce à medida que a hierarquia dos cargos profissionais sobe, com agravo maior na esfera empresarial, pública e privada" 

 

in Público

 

Elza Pais

publicado por José Manuel Faria às 12:17

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11





comentários recentes
Muito Conveniente esta Ausência dos Senhores Jorna...
muito boa descrição de tachos!Só se esqueceu de di...
Sr. anónimo desde quando os funcionários da câmara...
Já agora! Peditorios? Uma coisa é deixar as estagi...
Não sejam maus, se faz porque faz, se não faz porq...
Pois! Os Drs no passeio com o mister presidente e ...
Nos postos médicos ja à algum tempo que eles tem o...
Ó mas isso ainda agora é assim, nas fotografias es...
Ó Victor Hugo andas a pagar a pessoal para andar c...
na altura das arruadas o centro de saude levava cá...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO