31
Ago 09

publicado por José Manuel Faria às 10:57

19 comentários:
Não. Só com o PS se faria maioria, e depois?

Cumpriram com a sua obrigação de representantes do povo.

E se o PCP e o CDS votassem contra?

Pescada com rabo na boca!
José Manuel Faria a 31 de Agosto de 2009 às 22:58

Registo com agrado o reconhecimento de que os Deputados Socialistas que votaram o concelho eram "representantes do povo".
Cumprimentos.
Para o que der e vier a 31 de Agosto de 2009 às 23:58

Para o que der e vier
Disse e com razão eram. Pois agora a grande maioria deles são paus mandados do pinóquio que temos como primeiro ministro.
Um vizelense a 1 de Setembro de 2009 às 00:04

Pois! A ingratidão continuar a ser o pior dos vícios !
Cumprimentos
Para o que der e vier a 1 de Setembro de 2009 às 01:12

para o que der e vier a ingratidão é a dos nossos governantes que defraudaram quem neles votou.
Anónimo a 1 de Setembro de 2009 às 20:55

Ingratidão???

Estes governo já há muito deveria ter caído...
Os portugueses têm de penalizar que lhes mente descaradamente com promessas que não cumpre!

Ainda hoje na RTP1, Socrates afirmou que " fomos o 1º País europeu a sair da crise". Mas alguém acredita que já saímos da crise? O desemprego a subir e nós ja saimos da crise? O deficit a aumentar e nós já saimos da crise? Mas a crise que o sr. Socrates se refere e que ele NÂO vive, deve ser a de ter os bolsos cheios, enquanto que MEIO MILHÂO DE PESSOAS ANDA Á MINGUA DE UM EMPREGO!
É isto que nós queremos para governar o nosso País???
Queremos Verdade!
Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 01:28

Crises à parte, na entrevista a que assisti o Engº Sócrates não disse que já saímos da crise!
Disse, isso sim, que Portugal foi dos primeiros países a sair da recessão técnica.
O que, obviamente e, aliás, ele próprio reconheceu, é coisa bem diferente.
Parece-me, pois, que, o "empenhamento político-partidário " de algumas pessoas ou, quiçá, alguma mesquinhez individualista, levam a que se distorça, inclusive, as palavras daqueles que, pelas sobreditas razões, odeiam visceralmente!
Cumprimentos.
Para o que der e vier a 2 de Setembro de 2009 às 12:45


Desculpe caro Amigo, eu ouvi as primeiras palavras com que o Sr. Soócrates começou a entrevista:

" Portugal foi o 1º país da Europa a sair da crise"...
Não ouvi mais, levantei-me e saí, porque o que este Sr. pensa é que somos todos burros, carneirada seguidora de Masoch.!

Eu sempre votei P.S. mas agora chega! Se ele, ao longo da entrevista, rectificou e disse que saimos da resseção técnica, isso é outra história, mas as primeiras palavras que ouvi, disso tenho a certeza e se o sr. ouviu a entrevista desde o ínicio, não poderá desmentir-me certo?
Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 13:41

Certo.
Por isso é que para se poder falar de qualquer assunto, temos de conhecer todos os factos.
Cumprimentos.
Para o que der e vier a 2 de Setembro de 2009 às 23:57

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
18
19
20
21
22




comentários recentes
Alargar o período experimental para 180 dias foi a...
"Homem pequeno, o Diabo o cagou'", adágio popular!
Dora Gaspar esteve tantos anos no desempenho de fu...
Mais uma vez a liderança da Coligação PSD/CDS-PP a...
Um aumento de despesas com pessoal de 1,7 milhões ...
Volta e meia lá surge uma notícia, plantada num do...
VHS as festas são feitas por ALGUNS funcionários d...
Caiu esse, e depois de Israel aos EUA passando pel...
Victor Hugo Salgado, presidente da CMV, explicou q...
ALEGADAMENTE o artigo de opinião de Luís Almeida d...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO