10
Set 09

 

 

A Candidatura PS apresentou esta semana o seu Programa Eleitoral, tardio, mas ainda dentro de um prazo limite “decente”. A apresentação dos Programas têm como objectivo fundamental dar a conhecer os propósitos da Lista, e são “Cartas” de orientação para as propostas às Assembleias de Freguesia.

Num Concelho pequeno com falta de equipamentos municipais e nacionais básicos, com problemas gravíssimos na economia/desemprego/emprego, na saúde, no ambiente, no Turismo, na cultura ou nas redes estruturantes de comunicação/transportes pode tornar difícil criar propostas originais, por isso o bom Executivo será aquele que mais tarde ou mais cedo (mandato) apresentará a obra (s) propostas, finalizadas e operacionais. Nesta fase da campanha eleitoral uns de um modo, outros de outra, com estratégias diferentes insistirão que o seu projecto é o melhor e o mais barato.

 

Apesar de haver quem martele constantemente na tecla de que o que interessa são as políticas (também) e não as pessoas, eu acredito que a melhor selecção de pessoas, contribui em 80% para atingir os objectivos programados. Protagonistas: Carismáticos, incisivos, humildes, conhecedores, populares, acessíveis e assertivos serão os potenciais vencedores de qualquer contenda, é verdade que há excepções, que apenas fazem confirmar a regra.

 

Os protagonistas à Câmara Municipal de Vizela são conhecidos de todos ou de quase todos, e por isso deveria ser fácil a opção, mas não é, por várias razões: Os Candidatos são muito diferentes, têm níveis culturais distintos, profissões variadas, experiências e ideologias distintas, caracteres antagónicos, etc.

 

O Eleitor Vizelense na sua maioria antes de saber de onde vem ou quem representa o Candidato, vai optar/votar na Pessoa. Nunca tivemos uma eleições tão fulanizadas, e por isso qualquer grave erro político do Candidato contribuirá para alterar a posição do Voto. As posições parecem muito extremadas, mas a maioria ainda não decidiu, há uma balança para ver o “peso” de cada um diariamente. 

publicado por José Manuel Faria às 10:58

4 comentários:
Ora aí está uma apreciação lúcida.
100% de acordo.
Cumprimentos.
Para o que der e vier. a 10 de Setembro de 2009 às 12:51

vota Miguel Lopes.
coligação a 10 de Setembro de 2009 às 18:17

E o Manel do miv... ou bloco!
atento a 10 de Setembro de 2009 às 22:08

Ás vezes acerta Professor. Esta é uma delas!
Anónimo a 11 de Setembro de 2009 às 02:55

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO