08
Fev 07

In RVJ.

 

 

Os vereadores do PSD abandonaram a reunião da Câmara Municipal de Vizela, pelo facto de constar na acta inverdades, segundo Belmiro Martins.

Na acta de reunião deve constar as declarações proferidas pelos presentes e em princípio verdades.

Quando há dúvidas deve-se ser humilde e rectificar.

 

publicado por José Manuel Faria às 18:49

4 comentários:
Eu como ex: deputada municipal, já tive que me impor perante o Presidente de Cãmara, pois este por vezes é autista, e sendo única deputada tive tempo para isso, não estou de acordo com aqueles que a pretexto de não terem tempo não intervêm, caso do pcp.
Sandra Silva a 8 de Fevereiro de 2007 às 19:34

Sempre achei que uma maioria absoluta é equivalente a uma ditadura. É por isso que qualquer que se ja o partido no poder eu sou sempre da oposição.
É triste.
1/2Kg de Broa a 9 de Fevereiro de 2007 às 14:03

o psd fez muito bem, o dr. é arrogante.
joão a 9 de Fevereiro de 2007 às 20:10

Acta leva PSD a abandonar reunião


Os vereadores do PSD na Câmara de Vizela, Belmiro Martins e Miguel Lopes, abandonaram a última reunião do Executivo camarário, indignados com o presidente da Edilidade, Francisco Ferreira, por causa de discordâncias em relação ao conteúdo da acta da reunião anterior.

Os eleitos social-democratas contestaram o texto da acta quando nele se aludia ao momento em que alegadamente o presidente da Autarquia insinuou que uma Junta de Freguesia de maioria PSD havia investido numa rua para favorecer um familiar de Belmiro Martins.

O que não constava na acta era a resposta que terá sido dada de imediato pelo vereador social-democrata, negando a acusação de Francisco Ferreira. Confrontado com a contestação social-democrata ao documento, o presidente da Câmara acabou por afirmar que nunca havia dito o que constava da acta e ali mesmo ditou ao secretário um novo texto para substituir o polémico parágrafo.

Os vereadores do PSD argumentaram que não estavam dispostos a "participar numa farsa" e abandonaram os trabalhos. A reunião prosseguiu mas apenas com a participação dos eleitos socialistas.

Mesmo assim, a Câmara aprovou, na mesma reunião do Executivo, uma proposta de geminação do município com a localidade francesa de Frontignan La Peyrade. Liliana Costa
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2007 às 15:02

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
A Dora é contra tudo, nem sei o que anda esta cria...
Parece que não agradou o comentário...
Ufa...Ufa... professorEstava ficar desesperadoNão ...
Quem me dera ser funcionário público!
Coitados dos funcionários públicos (em geral) foss...
O que faz na foto , o dirigente do partido da dire...
o executivo deve mandar ás malvas os P.SS.Estão pr...
Está bem, não foi a Câmara, mas foi a Junta, que v...
Cá para mim, esta foi uma manobra de diversão para...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO