28
Set 09

Análise resumida aos resultados Eleitorais Legislativas/2009

 

Vencedores:

 

 - CDS/PP: 3º partido – elegeu Deputados onde nem os candidatos esperariam;

 

 - BE: duplicou o nº de Deputados – e obteve mais de ½ milhão de votos;

 

 - PS: Venceu as eleições sem maioria absoluta, mas aguentou-se bem.

 

Perdedores:

 

 - PSD: Perdeu as Eleições com um resultado baixo, não foi à sua custa que o PS perdeu a maioria absoluta;

 

 - CDU: Com um governo desgastado, neoliberal e tanto protesto na rua, só capitalizou mais 1 Deputado.

 

Ps: Curiosidades – O CDS teve a sorte de um extraordinário aproveitamento eleitoral, o BE precisamente ao contrário, não elegeu Deputados por pequena margem. Temos um Sistema eleitoral injusto. Há centenas de milhares de votos para o “lixo”!.

 

Em Vizela, o PS obteve um resultado “anormal”, mais de metade dos votos, e o outro vencedor foi o BE com 9%, esta média daria  para eleger 2 Deputados em Braga. A CDU, e o PSD decepcionaram. 

publicado por José Manuel Faria às 10:24

10 comentários:
Houve transferencia directa do voto do PSD para o CDS, a campanha anti-imigrantes, contra o rendimento minimo, e colocando as questões da segurança de uma forma populista e até demagógica, levaram a um resultado muito superior ao que se previa, até a extrema direita neo-nazi perdeu votos.

O mal é que Paulo Portas é eximio em dizer uma coisa e fazer outra, o Paulinho das feiras e das peixeiras , foi metido no armario até á proxima campanha, e surge agora o politico respondsavel preocupado com os problemas do país, e disposto a viabilizar um governo do Socrates a troco de uns tachos,.
a.pacheco a 28 de Setembro de 2009 às 14:13

O prof. JMF é testemunha no seu blogue, que aquando das Europeias, em Junho eu disse que para as Legislativas, voltava tudo ao normal. Só não acerto no Totoloto.

Agora a minha leitura:

Perderam todos menos o Paulinho das Feiras, eximio vendedor da banha da cobra.

O PS perdeu. Contava obter 40 e só teve 37%

O PSD perdeu. Sonhava atingir 35 e só teve 29%

O BE perdeu. Cantou vitória cedo de mais. 12% e 20 deputados era um dado adquirido, mas na recta final o Louçã estragou tudo.

CDU perdeu de ganhar. A conjuntura era favorável.

Só o Paulinho ganhou. Mas, sem ele, o CDS nem 6% obtinha.














Pedro Pinto a 28 de Setembro de 2009 às 14:24

O CDS/PP teve um excelente aproveitamento eleitoral, foi pura sorte, mas acontece. A única fórmula para aproveitar os votos seria existir um círculo nacional único, como por exemplo em Israel, discordo profundamente porque afastaria ainda mais os eleitos dos eleitores. Defendo exactamente o contrário, círculos uninominais, eventualmente com um círculo nacional de compensação, solução que desagrada aos partidos, todos eles, porque significa menos poder para o partido e mais para o deputado.
António de Almeida a 28 de Setembro de 2009 às 17:02


O Resultado Eleitoral do CDS/PP é o fruto de um trabalho intenso dos deputados ao longo da última legislatura, desmantelamento de fraudes ( BPN/BPP)e de um programa com SOLUÇÕES para Portugal.

O Povo ás vezes dorme... mas está a deixar de ser pacóvio:
Anónimo a 28 de Setembro de 2009 às 17:16

Sem esquecer o apoio ao CDS do Jacinto Leite Capelo Rego, e dos fardos de palha roubados em Moura....

A única meta colocada pelo Louçã foi meio milhão de votos, teve agora 557.000

Tinha 8 deputados o BE tem agora 16.

O sexto por Lisboa, o quarto pelo Porto o segundo por Aveiro, o terceiro por Setubal só não foram conseguidos por uma unha negra.

E 12% de votos dariam para eleger entre 23 a 25 deputados.

a.pacheco a 28 de Setembro de 2009 às 18:43

Tributar as chamadas telefonicas das empresas.

Ó Louçã á tedesce á terra, não vês que as chamadas telefonicas já são caras que chegue???

Lá se foram os teus 12 por cento...
Anónimo a 28 de Setembro de 2009 às 20:01

O Bloco não teve uma pontibha de sorte. 700 votos bem distribuidos davam 20 Deputados, até com menos votos e % nacional.

É o sistema eleitoral k temos. Por isso não façam filmes,. O CDS teve 35 000 votos a mais.
José Manuel Faria a 28 de Setembro de 2009 às 21:40

Eu acho que se está a comparar o incomparável!

Se o CDS ganhou alguma coisa o BE ganhou muito mais. Querem comparar um partido com a longevidade do CDS e do BE?
Há "meia dúzia" de anos o BE fazia parte daqueles que nem apareciam nas estatísticas. Em tão pouco tempo vemos o BE a lutar com o CDS tendo deixado para trás o histórico PCP...

... Cuidado com as comparações!
Joe Fagundes a 28 de Setembro de 2009 às 22:29


É como um casal de apaixonados... No ínicio tudo são rosas...
depois de uma eternidade juntos a coisa complica-se...
Vamos a ver se o BE se aguenta muito tempo neste estado de arte!

Quanto ao CDS. que nem é o meu partido, só posso dizer que, para quem preconizava a sua dissolução e inclusão no PSD, estão a guentar-se muito bem, ou aliás bem demais. E que ninguém me venha dizer que é sorte!

Fagundes, a sua análise sociológica deixa muito a desejar,
consulte Faucault.
Anónimo a 28 de Setembro de 2009 às 23:03

Companheiro,

Se o CDS não é o seu partido certamente não será difícil adivinhar qual é.

Prometo-lhe que vou consultar! Quando chegar a uma conclusão melhor que esta venho cá informa-lo!
Joe Fagundes a 29 de Setembro de 2009 às 00:06

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
António Costa protagoniza arruada este domingo em ...
e o carvalhinho tambem entra nas contas? Sempre no...
Um livro, critérios diferentes:O livro das bandas ...
Quem é esta Irene Costa?É Socialista? militante? h...
"Não deixei de ser quem fui, não vou alterar em na...
Comissão Administrativa da Concelhia do Partido So...
Os PS (grandes) só se lembram dos militantes para ...
Olha os socialistas interesseiros, quando dava jei...
Um milhão de euros!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...
Convém informar quais os funcionários que passam/r...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO