14
Mar 07

Mais de seis décadas após a sua morte, Adolf Hitler pode perder a cidadania alemã. É pelo menos essa a proposta de uma deputada da Baixa-Saxónia que está neste momento a ser examinada pela Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento regional. A social-democrata Isolde Saalmann afirmou ao semanário Der Spiegel que este "passo simbólico" é a única forma de a cidade de Braunschweig ultrapassar o "complexo" por ter sido responsável pela naturalização do ditador.

(...) in DN

A perda de cidadania Alemã de Hitler é um erro, pois pode fazer do ditador uma vítima e consequente glorificação.

publicado por José Manuel Faria às 18:19

4 comentários:
Isso não muda em nada o passado e além disso o homem está morto...
Mª do Resgate a 14 de Março de 2007 às 20:33

A História é para ser recordada tal como ela é... Até porque é o única forma de evitar os mesmos erros!

Faz-me lembrar o que se passou aqui há uns anos com a ex-ponte Abel Salazar.
Jorge Miranda a 14 de Março de 2007 às 23:34

A história não se apaga.
Fernando a 15 de Março de 2007 às 10:49

traidores...
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2009 às 17:39

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
E o irónico não é ficarmos com mais uma prova de q...
No jornal de Vizela pode ler-se a opinião de Fátim...
Sinceramente não sei como as pessoas perdem tempo ...
Não detestes, atrás de mim virá, quem bom de mim f...
Das duas três: este Eugénio está armado em ser pro...
Caro senhor professorPode dizer-me que sigla é aqu...
À medida do defunto, como disse o outro.
Uma proposta à medido do jic
Agora são os chineses, antes eram os angolanos.. C
E o Sócrates atirou sobre a Câncio. O que ela prec...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO