19
Mar 07

A presidente do Conselho Nacional do CDS-PP, Maria José Nogueira Pinto, acusou esta segunda-feira Paulo Portas de tentar assaltar o poder no CDS e o deputado Hélder Amaral de agressão física.

 

Numa conferência de imprensa que se estendeu por mais de meia hora, Nogueira Pinto admitiu abandonar o partido, caso Portas regresse à liderança do CDS-PP.

«Se se confirmar que este partido é um território onde alguns assaltam o poder, aqui não sou nada nem ninguém», afirmou.

Maria José Nogueira Pinto acusou Paulo Portas de instigar o clima de «coacção física, violência verbal e agressão física» que diz ter vivido domingo no Conselho Nacional do CDS-PP.

«O dr. Paulo Portas trouxe para dentro do partido o pior da memória do PREC», acusou.

Um partido conservador, democrata-cristão, queque e bem, chegou a este ponto, o da arruaça, extraordinário.

publicado por José Manuel Faria às 18:06

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
"O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/1...
Ze manel. Eu não falei consigo. Mas de qualquer ma...
Se é o ministro das finanças que gere TODO o gove...
O "governo" de Vizela tem de ser escrutinado 15/15...
Estava à espera deste post! Sério. Logo que li "is...
Oh Eugénio Silva, não há coiso que te sirva.Parece...
Quem ouve Dora Gaspar falar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Real...
Em suma: em Vizela ninguém é coerente, ninguém é d...
À que tempos, começou a devolver ainda no tempo do...
Não acho que já deveria ter perguntado isto há alg...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

13 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO