01
Jan 20

Naquela que foi a última reunião do ano, realizada na última segunda-feira, dia 30 de dezembro, o Executivo aprovou por unanimidade a comparticipação municipal da Brigada de Sapadores Florestais da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave. Em causa estão cerca de 54.693 euros para um período de três anos.

Estamos a falar da criação de equipas de sapadores florestais sob a forma de brigada (agrupamentos de três equipas de sapadores) para intervenção no território da CIM do Ave e cuja ação deverá estar enquadrada na Estratégia Nacional para as Florestas e no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios. De referir que ao sapador florestal estão associadas missões na primeira intervenção em incêndios florestais, apoio a operações de rescaldo e vigilância ativa pós-rescaldo. Sendo também um agente de proteção civil cabe ao sapador florestal a proteção de pessoas e bens. Desta feita, e tendo em vista o financiamento da Brigada de Sapadores Florestais da CIM do Ave, foi aprovada a comparticipação da Câmara Municipal de Vizela (CMV) para o ano de 2019 (15.693,41 euros), para o ano de 2020 (19.500 euros) e para o ano de 2021 (19.500 euros).

Do lado do Partido Socialista (PS), Dora Gaspar quis saber mais sobre a proposta apresentada, nomeadamente sobre a constituição das referidas brigadas, a sua área de atuação, bem como o início da sua atividade, que pudesse justificar o financiamento para o ano que agora terminou. Dúvidas que afirmou levantar por não ter visto constar a previsão deste financiamento no Orçamento da CMV para 2020 e que fora recentemente aprovado. “O Sr. Presidente respondeu em parte, mas não no seu todo”, afirmou, no final da sessão, a vereadora da oposição.

No entanto, Dora Gaspar manifestou o seu agrado pela concretização desta medida que vem no seguimento da descentralização de competências nas CIM na área da Proteção Civil e que decorre da nova Lei das Autarquias Locais em vigor desde 2013. “É importante a criação destas equipas e o trabalho articulado entre os Municípios da CIM do Ave. É um passo que concretiza aquilo que o PS defende para os seus territórios e que é a descentralização de competências”, salientou a socialista.

Brigadas vão atuar nos territórios de maior densidade florestal

De acordo com o presidente da CMV, Victor Hugo Salgado, as referidas “brigadas já se encontram no terreno”, tendo a proposta aprovada na segunda-feira decorrido de um processo remetido pela CIM do Ave e que foi depois submetido a uma avaliação rigorosa. Em análise estiveram os pressupostos da criação destas equipas e que visam dar resposta às necessidades da Proteção Civil. Ainda segundo o autarca, estas brigadas vão atuar, sobretudo, nos territórios de maior densidade florestal, apesar de estarem disponíveis para intervir em todos os concelhos que são parte integrante da CIM do Ave. Em simultâneo, referiu o responsável, está a ser aferida a possibilidade destas mesmas equipas, numa calendarização que se encontra em curso, de virem a intervir ao nível da prevenção, o que passará pelo auxílio na limpeza da floresta.

De referir que Fátima Andrade, vereadora eleita pela Coligação PSD-CDS/PP, esteve ausente da sessão.

 

publicado por José Manuel Faria às 10:54

17 comentários:
Por outra palavras, os munícipes irão pagar para que outros municípios desfrutem dos serviços dessas equipas... sobretudo em matéria de prevenção dos fogos florestais.
Anónimo a 10 de Março de 2020 às 02:25

Retrato do Município de Vizela pela PORDATA 19 de Março

Saldo financeiro positivo da CM: +2.107 mil € (receitas: 13,2 Milhões €;
Despesas: 11,1 Milhões €)
- 8% das despesas da C.M. foram destinadas à cultura e desporto, valor
inferior ao de 2010 (9% do total das despesas)
- 9% das despesas do município são relativas ao ambiente, 1 ponto
percentual acima do valor registado a nível nacional (8%)

Alguém que entende de contas pode explicar por favor?
Faz sentido fazer créditos? valor tão pequenos?
Sou leigo na matéria mas fico baralhado!!!!!!!!
Estas contas são actuais?
Saldo financeiro positivo da CM: +2.107 mil €(Milhões)
Se a interpretação está errada peço desculpa.
Anónimo a 19 de Março de 2020 às 07:45

Este Sérgio Coelho diz as coisas na mouche, muito bem, alegadamente ninguém vê os ditos cujos, e já agora gostaria de ver os Presidentes, quer da Câmara quer da Junta e todos os que nos representam e que têm responsabilidades acrescidas mais no terreno, ninguém os vê.
Anónimo a 22 de Março de 2020 às 19:51

Mais informa a CMV que a manter-se esta situação irá responsabilizar as entidades de saúde desta região por toda e qualquer catástrofe acontecida no Concelho de Vizela, face à falta de articulação entre as entidades competentes.

Alegadamente muito gosta este Presidente de queixinhas.
Presidente gostava era de o ver na linha da frente a si e ao seu executivo, vejo os funcionários, blablabla tá o mundo cheio.
Será que se as entidades avisassem não haveriam infectados? as coisas seriam diferentes?
Vai ver as entidades estão na luta como todos nós e a fazer o seu melhor, acho eu.
Existem pessoas que tem a necessidade de, eu é que mando.
Já de lá venho.
Anónimo a 24 de Março de 2020 às 15:40

Hoje vão iniciar as obras na Praça e no Jardim, esperemos que o dinheiro que vai ser começado a ser gasto (embora se saiba que "tem" quer ser gasto nessa obra) não venha a fazer falta na ajuda, quer nos empresários, comerciantes e nos próprios Munícipes que irão precisar de muita ajuda nos tempos que se avizinham.
Certamente que nesta altura todos, até o poder central veriam tudo de maneira diferente, é preciso pensar nas pessoas e na ajuda que elas irão precisar.
Anónimo a 26 de Março de 2020 às 09:54

Candidatura - valor 1.843,085.57 Eur,
Valor da obra + ou - 3.000,000.00 Eur
Olhem gastem o da candidatura e se poderem vão poupando o nosso,esperemos que não venha a fazer falta para apoiar as pessoas.
Só uma pergunta:
Mas esta coisa das candidaturas (Sá e Melo) a Câmara não tem que ter os Eur para andar a frente?
Se o Presidente diz o Presidente é que sabe, que comece a obra, esperemos que tudo corra bem, mas volto a alertar para os tempos difíceis que se avizinham,a economia vai ficar de rastos,fabricas a fechar, lojas a fechar, pessoas no desemprego, vai haver muita gente (toda a gente) que vai passar por grandes dificuldades.
Anónimo a 26 de Março de 2020 às 18:37

Grande Sérgio Coelho, é na mouche, tens um admirador para a vida, com educação dizes tudo o que pensas, isso para quem não sabe chama se liberdade,de expressão, mas também não deixo de reparar que aos teus comentários principalmente quando são referidos ao poder local, vem logo os advogados de defesa, e quem são? quem são? repara, sempre os mesmos.
Viva o 25 de Abril de 1974


Anónimo a 3 de Abril de 2020 às 09:30

É impressionante, o Presidente está em todo lado todos os dias a toda hora,(parece o Presidente Marcelo) será (será??) que tem medo de ser esquecido, ou será que tem necessidade de mostrar que está sempre a frente?
É muita fotografia.
É só um comentário.
Anónimo a 6 de Abril de 2020 às 19:46

E só um comentário, mas é um comentário idiota.!
Anónimo a 22 de Abril de 2020 às 20:52

Ó Sérgio lá se foi a bica quente, vejam se o meu comentário faz sentido, o castelo não se pode tocar na fachada que foi um escola (privada)tanto quanto sei, seria para o edifício da Câmara, não foi, ficou tudo escandalizado/zangado/revoltado porque foi posto a venda, (não apareceu nenhuma proposta) e então não houve uma única critica da bica quente ir abaixo? vai mais para o lado? vai ficar diferente? e porque não enquadrá la no projecto de forma a que ficasse onde estava e como estava? era assim tão complicado?

Até os Sedarfe vão ter que mudar a letra da canção.
Anónimo a 8 de Abril de 2020 às 15:49

Olha me este, gosta de chamar atenção aos outros mas quando toca a ele amua.


Anónimo a 14 de Abril de 2020 às 15:14


A controvérsia do 25 de Abril

Desde que se cumpram todas as regras de segurança, não me parece mal.
Afinal o 25 de Abril é uma data muito importante para Portugal, principalmente para quem viveu antes do 25 de Abril de 1974, foi o fim da ditadura e inicio da liberdade, muita gente penou para que o 25 de Abril acontecesse, aliás não me parecia mal que fosse festejado em Vizela, porque não? Ao menos lembrado.
Existe muito gente, principalmente os que na altura eram pequenos, alguns ainda de berço, ainda usavam fraldas e xuxas, mal andavam, habituados a que tudo lhes caia do Céu, fazia lhes bem, saberem e ter um bocadinho a noção do que os mais velhos passaram!!!!, e depois ainda existem os que sofreram antes do 25 de Abril mas já se esqueceram.
Atenção muito importante:
Sem pôr em risco a vida de ninguém (primeiro a vida) acho que o 25 de Abril deveria ser festejado ou pelo menos lembrado, devido a importância da data e ao que significa.
Democracia, Liberdade,para muitos isso não existe.
Anónimo a 19 de Abril de 2020 às 12:01

Mais uma arquitecta para a CMV
Mais uma Técnica Superior para trabalhar com Sandra Gomes que veio da ACIV
Mais uma para a secção de compras
mas não era VHS que ia reduzir no pessoal??????????????
tudo alegadamente
Oposição, onde andais???????????????????????'''
Anónimo a 20 de Abril de 2020 às 17:04

No fundo desta página diz que os comentários vão à censura, portanto vê lá o que escreves.

Ah. Antes que me esqueça. Os IP são escrutinados, como na Coreia do Norte
Anónimo a 22 de Abril de 2020 às 20:54

Não sei como existem pessoas que têm a lata de falar do 25 de Abril, coitados eram tão tão pequerruchinhos!!!!!!!!!!
Sabem lá o que era viver antes do Abril, alguns bem que precisavam.
Viva o 25 de Abril.
Anónimo a 25 de Abril de 2020 às 19:26

1- Apesar de esta não ser a altura ideal para respostas políticas, a verdade é que, conforme afirma o provérbio popular, “quem não sente, não é filho de boa gente”
Ai Sr.º Presidente se as pessoas que se sentem lhe respondessem ia ficar muito mal no fotografia, ia ia.
Mas a verdade é como o azeite vem sempre ao cimo.

2-Cumpre, ainda, esclarecer que não cabe a este Executivo Municipal apresentar provas de atitudes ditatoriais do passado, do anterior executivo municipal, onde se inseria a atual líder do Partido Socialista de Vizela.
Estarei enganado ou, o actual Presidente Dr.º Victor Hugo Salgado não fez parte, juntamente com a actual líder do Partido Socialista do anterior executivo? fez não fez? alias foi Vice Presidente, e nunca se demitiu foi demitido, certo?
Então!!!, chama se a isto cuspir no prato que comeul!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Sr.º Presidente nunca lhe passou pela cabeça que existem pessoas que não gostam e não sentem necessidade de estar sempre a aparecer, nem de festas, apresentações, palestras, passeios.......desta vez tenho que dar razão ao Partido Socialista, mas não fico nem um pouco admirado.
"quem manda pode"

Anónimo a 28 de Abril de 2020 às 19:47

Comunicado da CMV referente ao bar " Isto é bar"

Corrijam se estiver errado, mas em 2014 não era VHS Vice Presidente da CMV, e foi, precisamente com o pelouro das contra ordenações?pelo menos até 2015/16 esteve lá, não era tempo suficiente para já ter sido tomada esta atitude?
Pergunto eu que sou leigo na matéria.
VHS tinha obrigação de saber.



Anónimo a 1 de Maio de 2020 às 09:30

Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13


26
27


comentários recentes
Está um comentário no faceboock do Prof. José Man...
E todos gostariam de saber a parte que tocou à ACI...
Sinceramente acho que ninguém tem que duvidar do v...
“meio milhão de euros é quanto a Câmara Municipal ...
não era essa a ideia que tinha do primo mas devere...
Jornal de Vizela Como será possível que em Vizela ...
Do primo a que se referiu.
Também fiquei a olhar!!!!!!!!!!!!!O outro que ulti...
Fala do primo dele. o Arnaldo. "Capacidade, formaç...
"capacidade, formação e arrojo"? não sei que primo...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO