01
Fev 16

No filme "Carol", adaptado do romance de Patricia Highsmith (1952), escrito sob um pseudônimo sobre um tema muito ousado para a época, Cate Blanchett interpreta o personagem de Carol Aird, uma mulher madura, sofisticada, mas frágil.

Ela é mãe de uma menina e prisioneira de seu casamento com Harge, um rico banqueiro (Kyle Chandler, o treinador Eric Taylor da série "Friday Night Lights"), de quem ela está se divorciando.

Rooney Mara ("Millennium: Os homens que não amavam as mulheres") interpreta Therese Belivet, uma jovem empregada de loja de brinquedos e aspirante a fotógrafa, que se quesdtiona sobre sua vida e sua relação com o namorado.

Entre Carol e Therese, o charme vai uma primeira troca intensa de olhares na loja onde Therese trabalha. A atração mútua, tensa e conservadora, vai se transformar num caso de amor, um reflexo de todos os obstáculos da sociedade do início dos anos 50 que minam um relacionamento homossexual.

 

publicado por José Manuel Faria às 08:13

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
As termas são do espanhol, pá
Não achas que andas a dormir na forma pol...?O pov...
Bem, o homem pode ter defeitos mas que é muito ami...
pergunta pertinente: porque é que o espanhol não f...
Com este presidente, aliás o mesmo que esteve vári...
-Victor Hugo Salgado repetiu críticas sobre a polí...
Até a receber os tremoços tiram fotografias.Palavr...
Bonita a musica da rádio comercial,Esqueceram se f...
nao resolvem nada e andam a gozar com o povo. pol...
As termas fechadas e o executivo a mentir aos vize...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO