03
Jul 15

 

A Comissão de Ética e Arbitragem do LIVRE/Tempo de Avançar – instância regulamentar de recurso – decidiu, através de um parecer vinculativo, que um lote de 46 votos por correspondência postal no círculo eleitoral do Porto, colocados no mesmo dia, à mesma hora, na mesma estação de correios, pela mesma pessoa e todos tendo como primeira escolha o mesmo candidato (e, em grande parte dos casos, as restantes ordenadas por ordem alfabética), fosse excluído do escrutínio.
 
A decisão da Comissão de Ética e Arbitragem pode ser consultada neste link.
 
Com a anulação deste lote de votos por correspondência, o candidato com mais votos válidos foi Ricardo Sá Fernandes. No escrutínio provisório, este candidato ficara em 2.º lugar e tinha sido ordenado em terceiro por respeito à paridade a que os regulamentos obrigam. Assim, todos os candidatos do sexo masculino até ao décimo sobem dois lugares, mantendo-se as candidatas no lugar em que estavam. A ordenação dos seis primeiros passa a ser:

..........1.º Ricardo Sá Fernandes
..........2.ª Diana Barbosa
..........3.º Jorge Morais
..........4.ª Mariana Topa
..........5.º Rui Feijó
..........6.ª Manuela Juncal

Pode consultar aqui a versão definitiva do ordenamento da lista do Porto. O candidato Daniel Mota passou para décimo lugar, já que a quase totalidade dos seus votos como primeira escolha estavam neste lote de votos irregulares.
 
Como disposto no Artigo 47.º do Regulamento, estes desenvolvimentos e resultados serão incluídos no Relatório da Comissão Eleitoral.

publicado por José Manuel Faria às 08:22

5 comentários:
Palavras para quê......
Anónimo a 3 de Julho de 2015 às 10:22

No Livre/Tempo de Avançar não há golpadas como no PS e BE.

Uma só pessoa votou por outras 40 , como é que essa pessoa teve acesso aos votos dessas pessoas, acesso aos seus nomes, e sabe-se la que mais. Claro que Ricardo Sa Fernandes teria de ser sempre primeiro, se não fosse à primeira seria á segunda ou á terceira. É a lisura de processos da auto denominada candidatura cidadã
Anónimo a 3 de Julho de 2015 às 19:29

Não visitou os links! O mesmo candidato votou em si mesmo essas dezenas de vezes.

Todas as explicações têm uma falha , não são LÓGICAS. Ninguém tem acesso a 40 votos, nem ninguém pode mandar 40 votos por correspondência em seu nome, pois quem escrutinasse os votos dava logo pela marosca, ou a contagem foi uma bandalheira, ou qualquer bicho careta podia votar, e se foi esse caso , quantos mais poderá ter havido.

Alias pareçe que uns senhores do Porto já bateram com a porta, exactamente por não aceitarem a explicação que lhes foi dada.
Anónimo a 4 de Julho de 2015 às 11:46

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO